ITAPETINGA: VICE-PREFEITO CONCEDE ENTREVISTA E FICA HORRORIZADO COM CRÍTICAS AO PREFEITO EM BANDEIRA

Pense em um cabra que voltou cabisbaixo de uma entrevista… pensou??? Pois é, foi o vice-prefeito de Itapetinga Renan Pereira (DEM), que se aventurou a dar uma entrevista ao apresentador Rubinho Cordeiro na rádio Itapuy FM em Itororó, e falar de perto à população do distrito do Bandeira do Colônia, abandonado há tempos pelo Prefeito Rodrigo (PMDB).

A reação dos moradores foi de imediata, bombardeando a ineficácia do atual Prefeito, com críticas sobre o descaso em que se encontra o distrito. Sem a chamada caneta na mão, o vice-prefeito ouviu e trouxe as demandas ao gestor. Pessoas próximas disseram que Renan saiu triste e abatido com o que ouviu dos moradores do Bandeira. Entre as críticas estão a falta de pavimentação, as péssimas condições da saúde, promessas não cumpridas, críticas à administração do distrito, dentre outras.

Um morador por nome Fábio Tourinho levantou uma questão interessante, querendo saber sabre a compra de mais de 1 milhão de reais em pneus pela Prefeitura. De acordo o morador Fábio, Itapetinga não tem uma grande frota de veículos. “Isso é pra uma frota de uma empresa com mil caminhões”, disse.

Diante de tal situação, Fábio quis saber quais as medidas de Renan como vice-prefeito em relação a compra milionária. O morador pelo o que se percebe, encaminhou as cópias das licitações ao apresentador Rubinho. Ouça o áudio:

Por Roberto Alves

ITAPETINGA: ALBERTO BARBOSA O VEREADOR AMIGO DE SEMPRE

O vereador Alberto (PP) está em destaque na política local não é por ser intransigente, ele vai se destacando é pelos serviços que como vereador está prestando não só a seus eleitores, mas toda sociedade itapetinguense.

Sua excelência, o Sr. Alberto Barbosa tem sido atuante e tem recebido o reconhecimento da população, com sua ética que sempre agiu na sua vida familiar e profissional, desde o início de sua carreira, seja como: cobrador de ônibus, policial ou agora como vereador, ele está a serviço do povo, como sempre esteve e continua o amigo de sempre, aliás, este era o slogan de sua campanha.

“ALBERTO BARBOSA, O AMIGO DE SEMPRE”. Para aqueles que destacam a imagem do vereador e o coloca como inimigo do povo, embora esteja contribuindo para divulgação de seu nome, é bom saber que a ele não interessa, o povo sabe que via de regra isso acontece quando a atuação do homem público começa a incomodar os poderosos.

Até eles sabem que os inimigos do povo estão em outro patamar, que talvez sejam parte do grupo e trabalham em detrimento do poder aquisitivo dos mais pobres. O vereador Alberto apoiou o projeto do Executivo com razões peculiares para o momento, no seu jeito coerente de atuar dentro de sua ética e preocupado na preservação da continuidade de um bom atendimento no fornecimento de água no município, apontando pelo menos seis razões elementares para seu posicionamento.

1 – Pelos aumentos diários nos derivados do petróleo; 2 – Pela manutenção do quadro de funcionários; 3 – Pela necessária necessidade de expansão da rede de atendimento; 4 – Por uma qualidade na distribuição de água; 5 – Pela garantia de um abastecimento satisfatório 6 – Por uma manutenção que se adeque à modernidade.

Feito tal esclarecimento, torna-se importante questionar se essa turma sabe das peculiaridades dos serviços prestados pelo SAAE? Melhor seria primeiro ter esse conhecimento, enfim, o vereador Alberto Barbosa declara publicamente. “SOU O AMIGO DE SEMPRE”

Eusébio,
Ascom do vereador

ITAPETINGA: VEREADOR VALDEIR DISSE QUE SECRETÁRIO DA PREFEITURA DEVE MAIS DE 20 MIL REAIS AO SAAE

Em tempos de AUMENTO DE TARIFA DE ÁGUA, na sessão da última quarta-feira (13), o vereador Valdeir Chagas (PDT) fez uma séria denúncia e que precisa ser investigada: o edil disse que tem um secretário da Prefeitura de Itapetinga, que deve mais de 20 mil reais ao SAAE, de consumo de água.

Embora o edil tenha citado nome, por enquanto ainda não o citaremos, mas o fato é que ninguém se pronunciou, nem mesmo o próprio secretário. E o SAAE, não irá se pronunciar???

Na última quarta-feira, os vereadores do Prefeito aprovaram o AUMENTO DA TARIFA DE ÁGUA no município, deixando a população revoltada. Algum vereador pode explicar o significado do famoso  “ACUMULADO”, que aparece no projeto???

Por Roberto Alves

REGIÃO: DEPUTADO ROSEMBERG INFORMA QUE EMPRESA JÁ VENCEU LICITAÇÃO PARA RESTAURAÇÃO DA ESTRADA MAIQUINIQUE/ITARANTIM

Através do governador Rui Costa (PT), o deputado Rosemberg Pinto (PT) acaba de dar uma boa notícia aos moradores das cidades de Maiquinique e de Itarantim. O deputado elogiou o governador Rui e também ao secretário de Infraestrutura, Marcos Cavalcanti.

A empresa ‘Construterra Construções e Terraplenagem’ acaba de vencer o processo licitatório para restauração da pavimentação da rodovia BA 270, no trecho Maiquinique/Itrantim, extensão 27,50 Km. O certame licitatório aconteceu nesta quinta-feira (14). A obra deverá começar nos próximos dias.

Por Roberto Alves

ITAPETINGA: AUMENTO DA TARIFA DE ÁGUA REPERCUTE E VEREADORES RECEBEM CRÍTICAS NAS REDES SOCIAIS

O aumento ou reajuste da tarifa de água aprovado em duas sessões na última quanta-feira (13) na Câmara de vereadores, vem repercutindo negativamente contra administração do Prefeito Rodrigo Hagge (PMDB), que em campanha criticou bastante o aumento dado pela gestão passada.

Alguns vereadores tentam passar para a população de que não houve aumento, mas não conseguem explicar o chamado “ACUMULADO”, que de forma SUBENTENDIDA aos olhos da população, aparece no projeto. Na sessão, o vereador João de Deus (PMDB), ferrenho defensor do projeto, até tentou explicar o “ACUMULADO”, mas não conseguiu. Alguém explica???

De forma SUBENTENDIDA será que o famoso “ACUMULADO” não se refere a 2016, 2017 e 2018. E se refere, por que algum vereador não fez uma emenda para que o famoso “ACUMULADO” fosse só de 2018??? Novamente: alguém explica???

O fato é que o projeto retira a obrigatoriedade de passar pela Câmara, e de acordo o vereador Romildo Teixeira (PSL), foram concedidos os acúmulos dos anos de 2016, 2017 e 2018. Então vereadores, vocês deram sim, um aumento de 11.92%, só não têm é coragem de dizer. Veja as críticas: 

Por Roberto Alves