ITAPETINGA: DEMITIDO DA PREFEITURA DISSE QUE COLEGAS FORAM CHAMADOS PARA TRABALHAR DE GRAÇA

Em eu um áudio que a nossa reportagem teve acesso, um dos demitidos da Prefeitura de Itapetinga (BA) faz uma grave denúncia: Juarez, morador e líder comunitário do bairro Hilda Gama, nas vilas, disse que depois de ter sido demitido de uma secretaria (provavelmente Desenvolvimento Social), alguns demitidos foram chamados para trabalhar de graça. Isso mesmo: de graça, para serem recontratados em janeiro ou fevereiro, de 2019. 

“Que absurdo em nossa cidade. A prefeitura de Itapetinga demite 400 funcionários que ganham um salário e deixa aqueles que ganham acima de de 2 até 5 mil, trabalhando. Algumas secretarias chamam esses que foram demitidos pra irem trabalhar voluntário, pra ver se possivelmente lá para janeiro ou fevereiro, recontratam essas pessoas. Que absurdo nós chegamos. Ontem eu entrei na secretaria que eu trabalhava e algumas pessoas: ‘e aí, não vai vir trabalhar não? Nós estamos aqui voluntários, senão, não vai chamar’. Eu falei: não, o tempo do escravo já passou. Que absurdo!”, disse Juarez.

Por Roberto Alves

ITAPETINGA: O LIXO JÁ MANDOU RECADO PARA OS MICROFONES DA CÂMARA

Os microfones da Câmara de vereadores de Itapetinga (BA) já deram o que tinham que dar. Quem tentou ouvir uma tal Sessão Especial na noite desta quarta-feira (31), para compreender alguns oradores, que se encontravam na Casa tentando explicar o inexplicável Código Tributário, os velhos microfones não ajudaram.

As falas eram interrompidas a todo instante, deixando o ouvinte no vácuo, se é que alguém estava ouvindo. Eu tentei ouvir, mas confesso que se tornou quase que impossível.

Resumo da ópera: o lixo já mandou vários recados querendo os velhos microfones do plenário da Câmara. Quando é que a Legislativo irá colocá-los no saquinho preto? O lixo não pode esperá-los por tanto tempo!

Por Roberto Alves

ITAPETINGA: SINDITATIBA ALERTA OS HOMENS PARA O NOVEMBRO AZUL

Em pesquisas recentes o Sindicato Sinditatiba descobriu que até o fim de 2018, 68.220 homens devem ser diagnosticados com câncer de próstata.

E tanto para prevenir novos casos desse tumor como para fazer um diagnóstico precoce e garantir um tratamento de qualidade que existe o Novembro Azul.

O Sindicatiba visa conscientizar os homens e seus familiares a participarem de mais uma campanha preventiva. Não deixe para última hora, seja o primeiro, previna-se. Uma nota de utilidade pública Sinditatiba – preocupado com você!

Ascom/Sinditatiba 

ITAPETINGA: “ESSE IPTU É UMA FACADA DE 250%”, DISSE EMPRESÁRIO EMÍDIO

Transcrevemos na íntegra o que disse o empresário Emídio, irmão do vereador José Antunes (PSC), na Sessão Especial desta quarta-feira (30), sobre o Código Tributário, que aumenta os impostos no município. Veja:

 “Nesse projeto tem uma avaliação que, eu por exemplo, em uma das minhas propriedades na rua Humberto de Campos, hoje, eu pago uma avaliação 48 reais – metro quadrado (m²). Na avaliação desse projeto, ele passou pra 175 reais; quer dizer que, ele está levando um acréscimo de 250% na avaliação do terreno.

Na avaliação da propriedade têm os requisitos das qualificações de acabamento que também chegou a uma avaliação de 250%. No centro comercial a avaliação de 300 e poucos reais, passou a uma avaliação por metro quadrado (m²), de 1.000 mil reais.

Então é o seguinte: uma área de avaliação de terreno e propriedade construída que, hoje, nós pagamos 400 reais – não está explicado direito e o pessoal não está entendendo – ele vai passar a cobrar 250% no valor que está, que seria 400 reais + 400 + 400 + 200, então um projeto de 400 reais passaria a custar 1.400 reais numa avaliação de uma área… passando a ser avaliado no IPTU do município.

Eu gostaria que os vereadores compreendessem a situação que todo mundo está passando, pois, o aposentado que mora no bairro Camacan por exemplo, que ganha 924 reais, ele não terá condição de repor seu pagamento em dia.

Eu sugiro que esse projeto poderia ser com acréscimo de 10% anual no período de 10 anos… seria viável pra todos. A situação não está boa… esse IPTU é uma facada de 250%, eu acho que é grande. Misericórdia de vocês! vocês são nossos representantes, nossos escolhidos, esperamos que vocês [vereadores] tenham humildade de verificar esse patamar que está alto. Muito obrigado”, finalizou o empresário.

Por Roberto Alves