OUTUBRO ROSA: FEIRA DE SAÚDE DA FUNDAÇÃO JOSÉ SILVEIRA REGISTRA MAIS DE 1.500 ATENDIMENTOS NO PRIMEIRO DIA 

Iniciou nesta quarta-feira (2), a Feira de Saúde da Mulher, promovida pela Fundação José Silveira no Hospital Cristo Redentor no município de Itapetinga. A ação integra a programação do “Outubro Rosa”, campanha mundial de conscientização e combate ao câncer de mama.

No primeiro dia do evento foram registrados 1.552 atendimentos/procedimentos. Consultas com Cardiologista, Ginecologista, Nutricionista e Odontologista, além de exames de Eletrocardiograma, Mamografia, Preventivo Ginecológico e Raio-X. Leia Mais…

Seguir...

ITAPETINGA: DESMORALIZADA NO CASO DIGA DIGA, MESA DIRETORA DA CÂMARA DEVERIA PEDIR DESCULPAS AO EDIL POR ABERRAÇÃO JURÍDICA

A Mesa vai pedir desculpas???

A Mesa Diretora da Câmara de vereadores errou feio ao fastar o vereador Diga Diga usando o artigo da lei 201/67, que já foi REVOGADO. Isso é fato, e esse erro histórico ficará registrado nos anais da Câmara para sempre.

Agora a sociedade espera que ao menos seja feito um pedido de desculpas ao edil do PL. Seria uma maneira honrosa para ao manos diminuir a situação vexatória em que vive no momento os vereadores da base do prefeito, que sem ler, foram induzidos a votar pelo afastamento do vereador Diga Diga na última quarta-feria (25).

Faltou experiência e conhecimento jurídico à Assessoria Jurídica da Câmara, que também deveria emitir uma nota com pedido de desculpas ao edil e a sociedade, afinal, a Câmara é a Casa do povo. Será que vão fazer isso???

Por Roberto Alves

Seguir...

ITAPETINGA: DIGA DIGA DISSE QUE VAI ENTRAR COM DENÚNCIAS NO MP CONTRA A CÂMARA E A PREFEITURA POR CONTRATOS MILIONÁRIOS

Vem bomba por aí…

Em entrevista concedida ao programa “Chicote do Povo” na rádio Jornal na manhã desta quarta-feira (02), o vereador Diga Diga (PL), agradeceu o apoio de políticos, amigos e aos seus correligionários.

Diga Diga também deixou claro que de hoje até amanhã estará entrando com graves DENÚNCIAS no Ministério Público, contra a Câmara de vereadores e contra a Prefeitura por CONTRATOS MILIONÁRIOS.

O vereador havia sido afastado baseado no decreto-lei 201/67, porém, o artigo 7°; parágrafo 2°, que estabelece sobre afastamento preventivo já havia sido REVOGADO no ano de 1997, pela lei n° 9.504; deixando a presidente da Câmara, Naara Duarte, em situação vexatória em todo estado e no meio jurídico.

Na noite desta terça-feira (01), o vereador foi reconduzido à Câmara a mando da justiça em uma decisão proferida pelo juiz de direito, o Dr. Mário José Batista Neto, que declarou que o afastamento do vereador foi um ato ilegal da Câmara de Itapetinga. “Assessoria Jurídica” fraca, dá nisso.

Por Roberto Alves

Seguir...