ADVOGADO PRESO FOI PRESIDENTE DO PMDB DE SALVADOR; GEDDEL ERA O PRESIDENTE ESTADUAL

O advogado Daniel Ângelo de Paula, preso na manhã desta segunda-feira (10), chegou a ser presidente do Diretório Municipal do PMDB de Salvador no ano de 2015, conforme convite para uma reunião que aconteceu em 16 de outubro daquele ano, como indica trecho da postagem do blog “leiamais.ba”, logo abaixo do convite da época.

“O PMDB de Salvador realiza hoje, das 9h às 12h, sua convenção para eleger a nova Direção Executiva. O evento contará com um ato político às 11h e terá a presença dos presidentes da legenda Daniel Angelo de Paula (municipal) e Geddel Vieira Lima (estadual). Também comparecerão ao evento o deputado federal Lúcio Vieira Lima, os deputados estaduais Pedro Tavares, Luciano Simões Filho, Herzen Gusmão, Hildécio Meireles, Leur Lomanto Jr. e Alex Lopes, além dos vereadores e diversas lideranças políticas”, a matéria foi postada no dia dia da reunião: 16 de outubro de 2015. Veja Link.

Ainda sobre a prisão de Daniel, de acordo matéria do Correio 24 Horas, uma grande quantidade de documentos, aparelhos eletrônicos, joias e artigos de luxo foi apreendida ontem pela Polícia Civil em endereços da capital ligados ao advogado baiano Daniel Ângelo de Paula, apontado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) como um dos pilares do esquema investigado pela Operação Palhares. A ação foi deflagrada nesta segunda em quatro estados para desbaratar uma quadrilha especializada em vender créditos tributários fraudulentos para empresas interessadas em reduzir débitos com a Receita. De acordo com o MP do Rio, Daniel teria se unido a outros advogados para lesar grupos empresariais desde 2012.

Contrato com a empresa “Fraga e Morais Advogados Associados” é rescindido pela Prefeitura de Itapetinga

Com a prisão do advogado Daniel, o prefeito de Itapetinga, Rodrigo Hagge, rapidamente rescindiu o contrato com a empresa Fraga e Morais Advogados Associados.

O contrato havia sido firmado com a Prefeitura em 16 de agosto de 2017 e rescindido nesta terça-feira, 11.02.2020, conforme o Diário Oficial do Município.

Por Roberto Alves

11 Comentários para: “ADVOGADO PRESO FOI PRESIDENTE DO PMDB DE SALVADOR; GEDDEL ERA O PRESIDENTE ESTADUAL

  1. pedro

    E ESSA EMPRESA FOI CONTRATADA PRA QUE MESMO? TANTO ADVOGADO NA PREFEITURA E MAIS UMA EMPRESA DE ADVOCACIA E PAGANDO UMA FORTUNA? QUAL O SERVIÇO QUE ELA PRESTOU?
    RESCINDIU O CONTRATO PORQUE ELE ERA SOCIO?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *