REINAN GUSMÃO: “TEM POLÍTICO QUE SE APOIA EM OUTRO POLÍTICO, POIS JÁ VEM ‘CAPENGANDO’ DAS PERNAS”

reinan gusmão

Reinan Gusmão: “O governo irá confrontar números com a oposição”

ITAPETINGA-BA“Existe o político  que apoia outro político e  existe o político que se apoia em outro político, porque este já vem capengando das pernas”

O ex-coordenador da COMUTRAN, Reinan Gusmão, concedeu entrevista neste sábado ao programa de Maurício Gomes, na rádio jornal, onde alfinetou algumas situações da política local. Uma delas é a famosa ‘união’ entre Michel e Zé Otávio, “se o candidato ao governo não fosse Paulo Souto e fosse Geddel, será que haveria esse aperto de mãos?”

Gusmão, também fez uma comparação bastante interessante, “quando um proprietário de posto mistura água com óleo, ou água na gasolina, ou adultera o produto, e oferece para os seus clientes, só se beneficia ele e alguns”.

Gusmão, disse não acreditar na vitória de Paulo Souto, uma vez que serão comparados números. Ele citou que, durante os oito anos de governo do PT, as realizações foram muitas, e esses números serão comparados. “Essa ‘união’ das oposições, mostra a força do governador, Jaques Wagner. Se você analisar as duas eleições de Wagner, ele deu de ‘lambuja’, no grupo das oposições”.

Reinan, considera que Paulo Souto, tem um eleitorado fiel, mas ao mesmo tempo, tem uma grande rejeição, pois não representa o novo. O que é diferente de Rui Costa. No mesmo contexto, Gusmão argumenta que, quando se associa o nome de Rui ao de Dilma e Lula, o pré-candidato, já aparece em um empate técnico.

Reinan, disse está aberto ao debate, para que se discuta números, ‘quem fez mais e quem fez menos’, tanto a nível nacional, estadual como também municipal.

Por Roberto Alves

PRESIDENTE DO PSDC GILDÁSIO QUEIROZ PODERÁ SER O COORDENADOR DA CAMPANHA DE PAULO SOUTO EM ITAPETINGA

Com a ‘união das oposições’ em Itapetinga, muitas figurinhas da nossa política local, voltarão aos velhos ‘ninhos’de antigamente.

queirozITAPETINGA-BA – O negócio tá bom demais, o Dr. José Otávio, que sempre propagou através das ondas hertzianas que,  “óleo jamais se misturaria com água”, agora pipocou: nossos olhos viram os dois líquidos aparecerem juntinhos de mãos dadas. Que bonitinho! jamais sentaram juntos para discutir o passado, presente ou o futuro da “Terra Firme e Gado Forte”.

Nessa ‘união’, todos querem aparecer um pouquinho, Gildásio Queiroz,  por exemplo, já chamou pra si a responsabilidade de sacramentar a ‘união’ promovendo um grande forró, denominado de “Bacabiral”, uma junção de Bacalhau com Gabiraba, que sempre viveram aos tapas sem beijos. Mas, Queiroz, deverá ir mais além. Já se propaga pelos os cinco cantos da cidade, que ele poderá ser o coordenador da campanha de Paulo Souto, em Itapetinga.

Queiroz, é tido como um político experiente, que já se banhou em várias praias. Nasceu no berço de Michel, já apoiou José Otávio Curvelo e também já fez parte do grupo do atual Prefeito, José Carlos Moura. Com essa possibilidade de Queiroz fazer parte da cúpula do DEM, já tem gente com as “barbas de molho” e a ciumeira já começou.

 Será que nessa ‘união’ tem vaga pra acomodar toda essa gente?

Por Roberto Alves

BAHIA: UNIÃO DAS OPOSIÇÕES DEMONSTRA A FORÇA DO PT

paulo souto em conquista

ACM Neto, Paulo Souto e Geddel

BAHIA – A união das posições na Bahia é tida por alguns analistas políticos, como uma humilhação para os partidos de oposição. Nas entrelinhas, estão dizendo que o PT, mostrou força política, que os programas sociais criados pelo o partido, funcionam.

No centro das oposições está o ex-governador, Paulo Souto (DEM), tentando voltar ao Palácio de Ondina, por outro lado, o PT aposta suas fichas no ex-secretário da casa civil, Rui Costa e ainda tem a senadora, Lídice da Mata (PSB), que para fazer palanque para  Eduardo Campos, lançou sua candidatura ao governo do estado, onde tudo indica, sem chances de chegar vitoriosa. Se hoje, Lídice é senadora, o PT foi o seu grande cabo eleitoral. Ela jogou de titular no time de Lula, no ano de 2010, tirando a 2ª vaga, que provavelmente seria de César Borges.

rui costa em jacobina

Otto Alencar, Rui Costa e João Leão

“Com a união das oposições na Bahia”, o ex-ministro, Geddel Vieira Lima, acha que é o grande beneficiado, na disputa pela única vaga ao senado, concorrendo contra o ex- secretário de infraestrutura, Otto Alencar e a ex-ministra do STJ, Eliana Calmon.

Geddel, que sempre disse, “para não contar com ele para o senado”, ficou sem opção e acabou aceitando. O sonho do ex-ministro foi frustrado, uma vez que sua maior vontade era ser o candidato das oposições ao governo do estado. O que faltou. não confiaram em Geddel? Geddel, não teria popularidade o suficiente para concorrer contra o candidato do PT? qual foi o acordo, que fez com que Geddel, aceitasse a concorrer a difícil vaga ao senado?

O pré-candidato do PT, Rui Costa, acha que o grupo de ACM Neto não confia em Geddel,“ele queria muito ser candidato ao governo, mas o grupo reuniu e disse que não confiava nele, portanto não o aceitou como candidato a governador”, disparou Rui.

Geddel, de certa forma, soube pensar em si, montou em seu “jeguinho” e percorreu cidades do interior, em contato com suas bases, fazendo com velhos e históricos inimigos políticos, que viviam falando mal um do outro, virassem “grandes amigos” de uma hora para outra.

Há quem diga que, Geddel, será o grande tirador de votos de Paulo Souto, com o seu jeito arrogante de se fazer política. Se isso é ou não verdade, só o tempo irá dizer. O fato é, que nesse ano a disputa para o senado não será nada fácil. Só existe uma vaga para a Bahia, e a briga será travada entre  Geddel e Otto Alencar, ainda correndo por fora está a ex-ministra do STJ, Eliana Calmon.

O pré-candidato do PT, Rui Costa, segue pelo interior da Bahia com o seu “Programa de Governo Participativo” (PGP), por outro lado, Paulo Souto, pré-candidato do DEM, veio à Vitória da Conquista apresentar o que todo mundo já sabia: a ‘chapa’. Na exposição agropecuária de Itapetinga, tanto Rui, como Souto, deverão comparecer com suas respectivas comitivas. Que sejam bem vindos!

Por Roberto Alves

ITAPETINGA: A LIDERANÇA DE MICHEL PODERÁ DESAPARECER

michel e virginiaITAPETINGA-BA – Se a maior liderança do PMDB local, Michel Hagge, de fato declarar apoio ao grupo do seu adversário histórico, o Dr. José Otávio Curvelo, sua liderança chegará fragilizada em 2016, para lançar um candidato do seu grupo, visando a prefeitura nas próximas eleições para prefeito.

Analistas políticos já questionam,  como ficariam Kátia Espinheira, Dr. Sílvio Macedo e o Dr. Rodolfo Schettini, que alimentam sonhos de um dia serem prefeitos de Itapetinga.

Irá Michel, fortalecer o seu maior rival de todos os tempos, José Otávio Curvelo? em uma suposta vitória de Paulo Souto, ficaria claro que o Dr. José Otávio, seria o candidato natural do governo para disputar a prefeitura em 2016, contra o candidato apontado pelo o atual Prefeito, José Carlos Moura.

Hoje, Michel tem um patrimônio de 10 mil votos em Itapetinga. Com essa suposta “união das oposições” municipais, Michel estará passando seu patrimônio de  10 mil votos dos gabirabas, para José Otávio Curvelo, na disputa pela prefeitura em 2016.

O sonho do PMDB, de chegar a prefeitura estaria sepultado para sempre, pelo menos por mais um longo período.

Em uma suposta vitória de Paulo Souto, para a sobrevivência política do PMDB local, só se houvesse um acordo e uma garantia por escrita e se possível gravada, pelo Dr. José Otávio, dando a cabeça de chapa ao PMDB e o DEM ficando na vice, na disputa para prefeitura em 2016. E é aí, que “Porca Torce o Rabo”, Tanto o grupo de Michel, como o grupo de Zé Otávio, ambos estão de olho na prefeitura em 2016. E agora JOSÉ?

Essa é uma situação, que o velho e grande líder gabiraba, Michel Hagge, terá que saber pensar e administrar, para depois tomar uma posição, já que o seu grupo, o PMDB, visa tentar um retorno a prefeitura nas próximas eleições para prefeito em 2016. Antigos gabirabas, que gozam de uma amizades com o líder Michel, garantem que uma posição dessa, seria um suicídio político para o PMDB local.

É bom lembrar que, durante mais de três décadas, foram muitas farpas trocadas entre “Bacalhau” e “Gabirabas”. Nas últimas eleições para prefeito, no ano de 2012, o grupo do Dr. José Otávio, que teve como candidato o Dr. Arnaldo Teixeira, ficou em 3º lugar e o grupo de Michel, que lançou Kátia Espinheira, alcançou a 2ª colocação.

Se Michel passar seus 10 mil votos para José Otávio, em uma suposta “união das oposições” municipais, correrá o sério risco do seu futuro candidato em 2016, ser o 3º colocado, em uma disputa contra o candidato indicado pelo atual prefeito, José Carlos Moura, e o Dr. José Otávio Curvelo, saindo na cabeça de chapa pelo DEM. Michel, como um grande líder e político experiente, deve saber que essa é uma faca de dois legumes”.

Por Roberto Alves

“SUMIÇO” DE VEREADOR É MAIS VELHO DO QUE A “POSIÇÃO DE CAGAR”

 Vereador Valquirão

Vereador Valquirão

ITAPETINGA-BA – Toda vez que acontece o processo de eleição para presidência da câmara municipal de vereadores, vem junto um “tititi”, “um disse me disse”, uma choradeira sem tamanho. O fato é que, um grupo sai vitorioso e o outro derrotado. Geralmente, o que perde não aceita a derrota e sai  chorando feito uma “sanfona velha do fole furado”. Essa semana, o ex-prefeito Michel Hagge, em uma entrevista, soltou a seguinte pérola:

“eu acho muito difícil controlar vereador. É uma coisa muito difícil. Vereador é muito difícil de ser controlado”, disse Hgge, quando questionado sobre o vereador João Carlos, do PMDB, em relação a sua posição na Câmara. Mas, o próprio Michel, deve se recordar do ano de 2005, quando sua filha, Virgínia Hagge, foi eleita presidente da Câmara, disputando com o ex-vereador Benilson Leite (Chiquinho), que na época pertencia aos quadros do  então PFL. 

O saudoso vereador, Rômulo Schettini, saiu do processo, não apareceu para votar, “sumiu” indo pra uma praia em Ilhéus. Na época, Schettini, também pertencia ao PFL, grupo liderado por Dr. José Otávio Curvelo. O resto, todo mundo sabe: Rômulo, não apareceu, Chiquinho perdeu e Virgínia foi eleita.

Como perguntar ofende…lá vai: na época, qual foi mesmo o grupo que teve interesse no “sumiço” do então vereador Rômulo Schettini? esse mesmo grupo teria feito algum acordo com o vereador? “me afastei do processo por culpa deles. Não houve liderança para convocar o grupo e fazer a presidência da Câmara”. Fala de Schittini, na época, em uma entrevista, 07/01/2005  na extinta rádio alternativa FM.

Por Roberto Alves

OS SONHOS DE GEDDEL FORAM ADIADOS MAIS UMA VEZ…

GedelValterCampanato230BAHIA – O ex-ministro, Geddel Vieira Lima (PMDB), aos poucos viu seus sonhos serem frustrados na disputa interna com ex-governador Paulo Souto (DEM), pela vaga de candidato das oposições ao governo do estado.

Geddel, havia dito aos quatro cantos que não tinha interesse nenhum em disputar a única vaga à qual a Bahia tem direito no senado este ano. Seria medo de medir forças com ex-secretário, Otto Alencar, ou ate mesmo com a ex-ministra, Eliana Calmon?

Todos sabem que Alencar é o “queridinho” de vários prefeitos e ex-prefeitos do interior, e tem trânsito livre, tanto na Assembleia Legislativa, quanto na Câmara Federal. Quanto a Geddel, é um homem que queria  ser candidato ao governo, por capricho ou por pura vaidade?

Havia de fato, um acordo com ACM Neto, quando o PMDB apoiou o atual Prefeito na disputa pela prefeitura de Salvador, no segundo turno, no ano de 2012?

Em 2010, com candidaturas independentes, tanto Geddel, como Souto, o governador Wagner (PT), foi reeleito com 63,51%, contra 16,25% de Paulo Souto e Geddel amargou um triste terceiro lugar com 15,28% dos votos válidos.

A bola está em campo novamente. O PT em geral, tem como principal catalisador de votos nessas eleições, uma gama de programas sociais, como, Bolsa Família, Minha Casa Minha Mida, Água para todos, e a mais nova arma: o “Mais Médicos”, além do seu maior cabo eleitoral, o ex-Presidente Lula da Silva.

Por Roberto Alves

ITAPETINGA: QUEM ESTÁ SENDO ENGANADO – MICHEL HAGGE OU ANTÔNIO BRITO?

michel katia e joãoO Cidade Acontece, desde que entrou no ar, na semana passada, levantou uma polêmica. Entenda o caso – No dia 05 de abril, o deputado governista Antônio Brito, esteve por essas bandas, e em uma entrevista de rádio, falou que teria fechado um apoio com a ex-candidata, Kátia Espinheira e com o vereador João de Deus, ambos do PMDB. “Esse apoio foi fechado ontem e você já tá com a informação rápida no gatilho, (referindo-se ao apresentador) e a Kátia muito feliz, muito animada nessa linha social. Um apoio que não estava em jogo, nem a eleição de 2012, nem a futura eleição de 2016. Tava em jogo, apenas o processo de trabalho em conjunto. O processo eleitoral de 2014, esse é definido no momento certo, na hora certa. Nesse momento não se discutiu nem eleição. Se discutiu que os Três, (Kátia, Arnaldo e Brito), vão tá trabalhando juntos pelo social e ainda com o quarto mosqueteiro, que é Leonardo Matos, que tá a mil por hora”, disse o deputado Brito.

NOSSOS ARTIGOS REPERCUTIRAM NOS MEIOS PEEMEDEBISTAS Leia Mais…

ITAPETINGA: MICHEL VAI CHAMAR KÁTIA E JOÃO DE DEUS PRA UMA “CONVERSINHA DE PÉ DE ORELHA”

Ex-prefeito Michel Hagge

Ex-prefeito de Itapetinga, Michel Hagge (PMDB)

 ITAPETINGA-BA – Depois dos artigos, publicados por este site, que repercutiram bastante no meio político local, principalmente na sessão da última quarta-feira na Câmara de vereadores, com os seguintes títulos: “União entre Kátia e Dr. Arnaldo: até agora a ex-candidata ainda não se manisfestou.” e “Kátia Espinheira abandona Michel e se une a Dr. Arnaldo em apoio ao deputado Antônio Brito.” percebemos que outros sites, também fizeram comentários baseados no que o cidade acontece publicou.

Nota-se, a insatisfação do líder do PMDB de Itapetinga, com esses apoios de Kátia Espinheira e João de Deus a um candidato que apoia o grupo Petista. Estariam os dois sendo infiéis com a chamada “Nação Gabiraba”? conseguirá Kátia Espinheira levar os votos dos “gabirabas” para um deputado que apoia Rui Costa e Dilma Rousseff?

Por outro lado, o vereador João de Deus, que que surfou sozinho nas “ondas gabirabas” sem ter um candidato no grupo, que ameaçasse a sua reeleição, conseguirá em 2016 manter os votos dos “velhos gabirabas”, que morrem de amores por Michel?

Dema do ponto certo, Lelinha do Táxi, Gerson do bar, Osmarino e tantos outros gabirabas da velha guarda, o que será que eles acham disso? se Michel sair candidato a deputado estadual, ou até mesmo a ex-deputada Virgínia Hagge, for candidata, terá os apoios de Kátia e João de Deus?

Estamos ansiosamente esperando para saber o conteúdo dessa “Conversinha de pé de Orelha” que “Seu Michel” pretende ter com Kátia e João. O edil que na sessão de quarta-feira disparou: “não sou mandado, não faço papel encabrestado. Sou do PMDB, respeito as lideranças do meu partido, porém quem tem cuidado com meu mandato e sabe da vontade do povo, sou eu. Entre o povo e meu mandato, eu fico com o povo. Partido é sigla. Se não me quiser, outro quer”, disse o vereador.

Por Roberto Alves

ITAPETINGA: PRESIDENTE DO DEMOCRATAS GERALDO TRINDADE, DEU “CALUNDU”

ZÉ OTÁVIO E O PRESIDENTE DO DEM GERALDO TRINDADE

Ex-prefeito Zé Otávio e o Presidente do DEM local, Geraldo Trindade

ITAPETINGA-BA – No Programa chicote do Povo, nesta terça-feira na rádio nova jornal, o apresentador e vereador Amaral Júnior, comentou que manteve contato com Kátia Espinheira e o vereador João de Deus, ambos do PMDB, além dos vereadores Democratas, Fabiano Bahia e Naara Duarte, para irem ao rádio falar sobre o apoio ao deputado Antônio Brito, da base governista. Amaral também disse ter conversado com o presidente do Democratas, Geraldo Trindade, que segundo o apresentador, deu o maior “Calundu”

Trindade, teria dito que não aceita de maneira alguma, que vereadores do seu partido, apoem nenhum candidato ligado a Dilma e a Rui Costa do PT. Será que Geraldo Conseguirá impedir esse apoio de Naara e Bahia ao deputado ligado ao governo?

Qual será o castigo do presidente Geraldo, imposto aos os dois vereadores?
E a maior liderança do DEM de Itapetinga, o ex-prefeito José Otávio Curvelo, o que pensa sobre esse “Balaio de Gato”. O apresentador Amaral, encerrou o comentário dizendo que Geraldo havia lhe dito que não abre mão dos dois vereadores apoiarem um candidato do DEM ao congresso nacional, ou da sua base aliada.

Por Roberto Alves

UNIÃO ENTRE KÁTIA ESPINHEIRA E DR. ARNALDO: ATÉ AGORA A EX-CANDIDATA AINDA NÃO SE MANIFESTOU

Kátia se uniu a Arnaldo. Ambos abandonaram suas lideranças: Michel Hagge e José Otávio

ITAPETINGA-BA – Emquanto a maior liderança do PMDB local, Michel Hagge, se encontra em viagem, a sua ex-seguidora e ainda Presidente da legenda no município, Kátia Espinheira, se juntou ao médico Arnaldo Teixeira, onde declararam apoio ao deputado federal, Antônio Brito (PTB). Pergunta-se: até quando Kátia será Presidente do PMDB? ela entregará a presidência do partido a Hagge? Michel tomará o partido da ex-candidata?

Outro “bafafá” também que tá rolando nos Democratas. Seria bom o presidente do DEM local, Geraldo Trindade, responder aquela velha pergunta: presidente o que o sr. Acha dos vereadores Fabiano Bahia e Naara Duarte, ambos do DEM, estarem apoiando o deputado Antônio Brito, que apoia as candidaturas da  Presidente Dilma Rousseff e de Rui Costa, candidatos do PT? 

E o ex-prefeito,  José Otávio Curvelo, se sente traído por Bahia e Naara, que se negaram a apoiar os deputados Fábio Souto e Aleluia? que tipo de  “ACORDO” estaria por trás desses apoios? estão APOIANDO ou se APOIANDO? são questionamentos, que mais cedo ou mais tarde, os nossos “meninos” deverão responder. O povo quer saber….

Por Roberto Alves