ITAPETINGA:PROJETO CONVIVER EM MOMENTO DE RECREAÇÃO NO PARQUE DA LAGOA

 “Eu agradeço a Deus por esse Projeto. Aqui nós temos mais saúde, vivemos mais e me sinto criança”, disse dona Raquel, que pertence ao Conviver.

O Projeto Conviver, conta com mais de 500 participantes da melhor idade, com núcleos ativos no Américo Nogueira, CSU, Vila Isabel, Bandeira, Palmares e Colégios Manuel Novaes e Jandiroba.

O Conviver é coordenado por Rena Pereira e Claudia Brito. Nos últimos dias o projeto tem levado seus membros a vários pontos da cidade, realizando uma espécie de TOUR. Nesta quinta-feira (08), o grupo esteve no Parque da Lagoa, em um momento de recreação com os idosos. A primeira dama, Cida Moura, se fez presente.

DSCF5411 Leia Mais…

RONDÔNIA: VEREADOR É CASSADO POR CHAMAR COLEGAS DE CACHORROS

vereador

Foto:Reprodução/Câmara Municipal de Santa Luzia d’Oeste

Uesnei Cleiton da Silva, um vereador da cidade de Santa Luzia d’Oeste, em Rondônia, publicou um artigo intitulado “Votar ou não votar: eis a desgraça”, onde chama seus colegas de “aus-aus”. Uesnei ainda faz menção aos outros políticos como “desgraçados” e diz que não adianta votar, sugerindo que independente de quem for eleito, a corrupção irá continuar do mesmo jeito.

O vereador foi cassado, na Segunda-feira (5), por quebra de decoro parlamentar, em sessão ordinária da Câmara de Vereadores, por 7 votos.

Confira o artigo completo:

VOTAR OU NÃO VOTAR: EIS A DESGRAÇA

Parece soar estranho esse enunciado, mas é isso mesmo que é o pensamento popular. De que adianta votar, se nada vai mudar? A corrupção vai continuar do mesmo jeito. São sempre as mesmas figurinhas e quando são mudadas, apenas muda a coleira, mas o latido é o mesmo. Pode soar estranho vindo isso de um político como eu. No entanto eu estou no meio dos latidos e até sou confundido como um dos “aus-aus”, e com alguma razão, pois devia me manifestar a respeito de tudo isso com mais evidência, algo que estou fazendo agora. Querendo ou não, nós temos que continuar votando, se é desgraça ou não, dependerá dos “desgraçados” que vão ser votados. Mas será que são apenas os votados que estão nessa classificação? Os que votam são “santos”? Quem é que vende o voto a troco de vantagens, como a de ganhar assessoria sem trabalhar nada, apenas para ser cabo eleitoral no tempo da eleição? De ter um carreador ou um curral encascalhado? Uma “cortada” de fila nos processos de tratamento de saúde? Uma cesta básica? Na bacia dos “desgraçados” não escapa rei nem plebeu. Mas o que fazer então? O sistema não vai mudar do dia para noite, mas podemos continuar tentando, pois quem deixa de votar está aceitando o sistema. Nessas eleições de 2014 vote em quem você conhece que não é ficha suja, que já teve condenação. Esses já tiveram suas chances e provaram que não são dignos de permanecer por lá. Não vote por amizade nem tapinhas nas costas ou por que alguém pegou na sua mão ou lhe mandou um cartão de aniversário (você sabia que o recurso para esses materiais faz parte de verba publica ao parlamentar a fim de divulgar seu mandato e quem paga isso é você). Vote em quem vai representar o seu grupo, por exemplo, o grupo dos profissionais da educação deve votar em quem vai representá-los, pois é assim que funciona o sistema representativo. Outra situação é essa de perder o voto. Perder o voto não significa que seu candidato que não foi eleito é um fracassado. O pensamento que confunde política com jogo de futebol está intrínseco em nós. Perder o voto é votar em um “desgraçado” que rouba, continua roubando e tem um “desgraçadinho” que continuará o ajudando, somente para ter um pouco de vantagem, enquanto nos hospitais estão à verdadeira desgraça, na segurança, na educação nem se fala. Eu sei que estou cortando na própria carne. Mas não quero mais ser considerado um “desgraçado”, não sei se vai dar tempo pra concertar em uma vida só. Mas já é um começo. Fonte:Diário da Manhã

JULGAMENTO DA MISSIONÁRIA ZENEIDE NOVAES E DO PASTOR JOSÉ DILSON FOI ADIADO

zeneide

Missionária Zeneide Novaes

Nesta quarta-feira(07), colhemos informações junto a familiares da Missionária Zeneide Novaes, eles informaram ao cidade acontece, que o julgamento da mesma, juntamente com o pastor José Dilson, foi adiado para o dia, 20 de maio. O julgamento já foi adiado por mais duas vezes.

Os missionários estão no Senegal, África Ocidental. A Missionária Zeneide Novaes é natural do município de Itapetinga-Ba, e irmã da ex-vereadora, Zenaide Novaes.

Até o final do julgamento, José Dilson e Zeneide Novaes, não poderão deixar o Senegal.

Com informações de familiares

LÚCIO: ‘PMDB RESPEITARÁ PREFEITO QUE APOIA O PT’

A proximidade das eleições começa a revelar articulações interessantes, a exemplo do apoio do prefeito de Canavieiras, Almir Melo, que é do PMDB e declarou apoio ao candidato do PT ao governo do estado, Rui Costa; contudo o peemedebista, pondera que apoiará Geddel para o Senado; o deputado Lúcio Vieira Lima garante que está tudo bem; “Não há incômodo. É um caso isolado na Bahia e uma questão que foge do vínculo político e passa pela inimizade. O prefeito de Canavieiras, nosso colega de partido, é inimigo do grupo de Paulo Souto porque, na cidade, os adversários dele são ligados a Souto. É um fato de inimizade pessoal”

lucio

A proximidade das eleições começa a revelar articulações interessantes no interior da Bahia, a exemplo do apoio do prefeito de Canavieiras, Almir Melo, que é do PMDB e declarou apoio ao candidato do PT ao governo do estado, Rui Costa. A prefeita de Cardeal da Silva e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Maria Quitéria, do PSB, também está de mãos dadas com o PT.

Porém, PMDB e PSB integram chapas majoritárias contra Rui Costa. Os peemedebistas têm Geddel Vieira Lima como candidato ao Senado pela chapa encabeçada pelo DEM (com Paulo Souto) e o PSB tem a senadora Lídice da Mata como candidata a governadora.

Depois de posar para fotos com Rui Costa, o peemedebista de Canavieiras, contudo, pondera que apoiará Geddel para o Senado.

Vice-líder do PMDB na Câmara e irmão de Geddel, o deputado Lúcio Vieira Lima disse que o partido respeitará a decisão do prefeito de Canavieiras.

“Não há incômodo. É um caso isolado na Bahia e uma questão que foge do vínculo político e passa pela inimizade. O prefeito de Canavieiras, nosso colega de partido, é inimigo do grupo de Paulo Souto porque, na cidade, os adversários dele são ligados a Souto. É um fato de inimizade pessoal”, disse Lúcio em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia.

Lúcio lembrou a situação da disputa pelo governo do estado, comparando com o que deve acontecer na conjuntura nacional.

“Nós levamos em conta esse histórico e respeitamos. O vice-presidente Michel Temer, que é do nosso partido, também lidará com uma situação semelhante, pois nós, aqui na Bahia, somos oposição ao governo petista. Mas é uma prática que respeita a conjuntura local da política. No nacional é uma coisa, no estadual será outra e, no municipal, no caso de Canavieiras, temos também outra realidade”.

Um dos coordenadores da campanha de Lídice, o pré-candidato a deputado federal Domingos Leonelli disse não se surpreender com a atitude de Maria Quitéria e aproveitou para alfinetar o PT.

“Vamos nos reunir nos próximos dias, na executiva, para definirmos a nossa posição. Eu, sinceramente, não sabia que Rui estava tão necessitado de apoio para recorrer a partidos de outra base. É um debate de infidelidade partidária”.

Fonte:247

VEREADOR AMARAL JR.“BANDIDO É QUEM EMPRESTA DINHEIRO E SEGURA ‘CARTÃO BOLSA FAMÍLIA’ DAS PESSOAS”

‘Bandido, é aquele cidadão que vai à casa de uma mãe de família e lá tira os seus órgãos e faz uma masturbação’

amaral

Vereador Amaral Júnior

“Bandido, é aquele cidadão que empresta dinheiro e se apropria do Cartão Bolsa Família das pessoas. Esse é bandido! Esse sim, esse deveria tá preso! Bandido, é aquele que fica por aí cantando mulheres dos outros. Bandido, é aquele que empresta dinheiro para tomar Cartão Bolsa Família das pessoas. E se isso um dia chegar ao meu conhecimento de forma oficial, por escrito, irei ao ministério público e denunciarei quem for. Eu tenho amigos nesta Casa, e pode ser o meu melhor amigo, eu o denunciarei”, discurso do vereador Amaral Júnior. Sessão do dia, 23-04-2014.

Será que essa carapuça serve pra alguém?

 

PLANALTO: “RUI COSTA JÁ BATE 27, 28% NAS PESQUISAS”, REVELA WAGNER

Em contato com a reportagem do Portal Poções, por meio de uma entrevista coletiva a imprensa
wagner planaltodurante o ato oficial de abertura do Programa de Rastreamento do Câncer de Mama no Sudoeste da Bahia, o governador do Estadual Estado da Bahia, Jaques Wagner, comentou sobre as eleições de 2014 e a chapa oposicionista que tem a frente o ex-governador Paulo Souto. O líder petista revelou que será inevitável a comparação da sua gestão com a do ex-governador. “Uma coisa eu posso afirmar: nós damos de 10 em qualquer área, seja na segurança, saúde, abastecimento de água, estrada, enfim, quero só ver o que a oposição vai dizer. Mas a campanha ainda não começou, acredito que a nossa chapa, com Rui Costa, João Leão e Otto Alencar é bastante competitiva”, disse o governador, emendando que Rui Costa ainda é pouco conhecido, mas já batendo 27,28% nas pesquisas. Fonte: portal poções


.

VICE-LÍDER DO PMDB: “O PT ESTÁ DESGASTADO”

Vice-líder do PMDB na Câmara, Lúcio Vieira Lima, comentou o “desprendimento” de seu irmão Geddel, que é candidato ao Senado pela chapa que tem DEM como cabeça e PSDB como vice; Lúcio avalia que o PT “está desgastado nacionalmente e na Bahia”; “O governo está mal avaliado pela sua incapacidade gerencial e pelo desgaste do PT, que já deu o que tinha que dar. Na Bahia, o governador se elegeu pelo alinhamento do mesmo partido da presidente, mas na prática, o governo não aproveitou esse alinhamento”lucio

 O vice-líder do PMDB na Câmara, deputado Lúcio Vieira Lima, comentou em entrevista à rádio Metrópole nesta segunda-feira (5) sobre o “desprendimento” do presidente do partido na Bahia, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, que é seu irmão. Geddel é candidato ao Senado pela chapa que tem o DEM como cabeça (Paulo Souto) e o PSDB como vice (Joaci Góes).

Lúcio avaliou que o PT “está desgastado nacionalmente e na Bahia” e que a oposição pretende manter e ampliar o que foi feito de bom, mas, sobretudo, apresentar soluções, com indicação e valorização dos recursos, “para mudar o que está errado”.

“O governo está mal avaliado pela sua incapacidade gerencial e pelo desgaste do PT, que já deu o que tinha que dar. Na Bahia, o atual governador (Jaques Wagner) se elegeu pelo alinhamento do mesmo partido da presidente, mas na prática, o governo não aproveitou esse alinhamento. Utilizou os recursos para aparelhar a máquina pública e isso prejudicou a Bahia”.

O vice-líder peemedebista ressaltou a aliança “exitosa” de seu partido com o DEM no âmbito municipal, a qual elegeu ACM Neto prefeito de Salvador em 2012. Lúcio usa exatamente o “exemplo” do jovem democrata para dizer que a oposição, se eleita, fará um bom governo.

“O prefeito ACM Neto, de oposição aos governos estadual e federal, mostrou que é possível fazer dar certo mesmo sendo de outro partido, com competência, seriedade e coerência. Neto mudou Salvador implementando uma nova forma de administrar. Queremos levar esse modelo de gestão para toda a Bahia, um governo responsável e que cumpre o que promete, levando em consideração a participação do que o povo pensa e precisa sobre questões como educação, segurança e saúde”.
Fonte:Bahia 247

PRAZO PARA TIRAR OU REGULARIZAR TÍTULO DE ELEITOR TERMINA NESTA QUARTA-FEIRA

         NESTA TERÇA-FEIRA MUITA GENTE COMPARECEU AO FÓRUM

Quem ainda não tirou título de eleitor ou precisa transferir o seu para outro domicílio eleitoral deve se apressar. O prazo termina nesta quarta-feira (7), 151 dias antes da votação do dia 05 de outubro, como determinado pelo calendário eleitoral. A pressa também vale para aqueles eleitores que estão em débito com a Justiça Eleitoral, por não terem votado nas últimas eleições; para pessoas com deficiência física que querem pedir a transferência para sessões adaptadas – que contam com acesso facilitado, rampas e elevadores –  e para quem não fez o recadastramento biométrico, nas cidades onde os eleitores foram convocados a se recadastrar. Nas eleições deste ano, cerca de 15% do eleitorado brasileiro (22 milhões de pessoas) será reconhecido pela biometria na hora do voto em 800 cidades espalhadas pelo país, segundo o TSE.
titulo 1                                         Emissão de um novo título

Para emitir um título novo, a pessoa deve apresentar documento oficial com foto, comprovante de residência e comprovante de quitação do serviço militar,no caso de homens com mais de 18 anos

                                        Transferência do título
Para transferir o domicílio, o eleitor deve apresentar documento oficial de identificação com foto, o título de eleitor e um comprovante de residência. Algumas regras também devem ser observadas, como não ter pendências com a Justiça Eleitoral, morar no endereço atual há mais de três meses, ter tirado o primeiro título ou ter feito a última transferência do documento há pelo menos um ano

                                          Regularização
A pessoa deve comparecer o cartório eleitoral, no Fórum de Itapetinga com documento oficial com foto e o título. Paga-se uma multa de R$3,50 por turno que deixou de votar.

titulo 2

Pessoas aguardam na fila, no Fórum

 

PRAZO PARA TIRAR TÍTULO PELA PRIMEIRA VEZ TERMINA NA QUARTA-FEIRA

titulo-de-eleitor

O prazo para tirar o título de eleitor pela primeira vez ou pedir a transferência do documento para outro domicílio eleitoral se encerra nesta quarta-feira (7).

Termina no mesmo dia o prazo para pessoas com deficiência solicitarem transferência para seções adaptadas e para o recadastramento biométrico, nas cidades onde os eleitores foram convocados pela Justiça Eleitoral.

Para quem vai tirar o título pela primeira vez, é necessário levar documento oficial com foto, comprovante de residência e certificado de quitação do serviço militar, no caso dos homens maiores de 18 anos.

No caso de transferência de domicílio, o eleitor deve apresentar documento oficial de identificação com foto, o título de eleitor e um comprovante de residência.

Algumas regras devem ser observadas, como ausência de pendências com a Justiça Eleitoral, morar no endereço atual há mais de três meses, além de ter tirado o primeiro título ou ter feito a última transferência do documento há pelo menos um ano.

RUI COSTA RECEBE SUGESTÕES DA POPULAÇÃO EM ILHÉUS

A implantação de governo itinerante foi a principal ação defendida pelo território Litoral Sul para o programa de governo do pré-candidato Rui Costa (PT); lista de contribuições apresentada neste domingo em Ilhéus à chapa majoritária também teve como destaque a Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) e o Porto Sul; Rui disse que ficou “empolgado”; “Vocês traçaram o futuro que querem para a região. Temos aqui um material rico, com propostas pensadas e estruturadas para o potencial que o sul da Bahia tem”

rui em ilhues

 A implantação de governo itinerante foi a principal ação defendida pelo território Litoral Sul para o programa de governo do pré-candidato Rui Costa (PT). A lista de contribuições apresentada neste domingo (4) em Ilhéus à chapa majoritária também teve como destaque a Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) e o Porto Sul.

O encontro na região Sul da Bahia faz parte da construção do ‘Programa de Governo Participativo’ (PGP). Foi a 20ª plenária. Segundo a assessoria do deputado petista, evento teve mais de 28 mil pessoas mobilizadas na iniciativa, com a participação de 1,5 mil, no Clube Social de Ilhéus, e de 20 prefeitos, entre eles, Almir Melo (do PMDB de Geddel Vieira Lima), de Canavieiras, e Gilka Badaró (do PSB de Lídice da Mata), de Itajuípe; e o anfitrião, Jabes Ribeiro (PP).

Rui Costa disse que ficou “empolgado”. “Vocês traçaram o futuro que querem para a região. Temos aqui um material rico, com propostas pensadas e estruturadas para o potencial que o sul da Bahia tem”.

Ao mencionar o Porto Sul, o petista disse que “essa região terá um dos três maiores portos do país. A Bahia não vai se render aos desejos dos que não querem nos ver avançar”. O Porto Sul, projeto do Governo Wagner, possui licença prévia e deve ter início de obras autorizado ainda em 2014.

O prazo para que o texto seja finalizado só termina no fim de maio. E o documento deve conter novidades sobre a promoção do turismo, sugestão feita por Rui Costa durante a plenária.

Além de falar sobre o programa, Otto Alencar (PSD), pré-candidato ao Senado e atual vice-governador, deu retorno sobre projetos do governo estadual na cidade.

“O governo Wagner fez os projetos necessários para o desenvolvimento de Ilhéus e macrorregião e eles estão sendo concretizados – a duplicação da BR-415, que sai esse ano, a Ponte do Pontal, que tem recurso assegurado pelo Estado, obras que não tinham projetos e que o governador Jaques Wagner assumiu o compromisso e vai fazer”.

O pré-candidato a vice governador, João Leão (PP), disse que acredita na Fiol, que está em obras e possui cerca de 10 mil trabalhadores distribuídos nos canteiros. “Esse é um projeto que vai gerar mais de 30 mil empregos diretos”.

Já foram realizadas as primeiras plenárias do PGP nas macrorregiões de Feira de Santana, Serrinha, Vitória da Conquista, Guanambi, Juazeiro, Itabuna, Teixeira de Freitas, Santo Antônio de Jesus, Jequié, Irecê, Barreiras, Paulo Afonso, Itaberaba e Ipirá. E, também, as plenárias de retorno em Alagoinhas, Valença, Senhor do Bonfim, Jacobina, Jaguaquara, além de Ilhéus
Fonte:247