GOVERNO DA BAHIA ESTÁ ACOMPANHANDO DE PERTO SITUAÇÃO DO SETOR DE CALÇADOS NO SUDOESTE 

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado da Bahia (SDE) informa que está monitorando a situação das supostas demissões do grupo Suzana Santos, veiculada pela imprensa da região Sudoeste baiana, esta semana, nas unidades de Itapetinga.

O presidente do grupo, Almir Santos, procurado pela SDE, informou que 170 funcionários nas unidades de Itapetinga, responsáveis pela fabricação da marca Renata Mello, foram colocados em aviso prévio porque a linha produzida não está sendo vendida, devido à crise econômica que assola o país.

A empresa, contudo, está analisando a possibilidade de trazer outro modelo de calçado do grupo, produzido em Santa Catarina, para o galpão de Itapetinga. Essa medida evitaria as demissões. Ao governo do Estado, o empresário afirmou que terá uma definição concreta sobre essa alternativa em até 20 dias.

Já o grupo Lia Line, instalado no município de Itororó, explicou que os calçados produzidos nesta fábrica fazem parte de uma linha de verão, o que gera sazonalidade na unidade. As contratações variam de acordo com a necessidade de produção e com a estação do ano.

A SDE está atenta, por acreditar no potencial de geração de emprego e renda pelo segmento de calçados na Bahia. A Secretaria informa ainda que, caso as demissões sejam efetivadas, serão tomadas providências imediatas para reverter a situação. Uma delas seria a atração de novas empresas do setor para essa região, dando continuidade ao fomento de empregos no interior do estado.

03.08.2018
Ascom/SDE – 71 3115-7816

3 Comentários para: “GOVERNO DA BAHIA ESTÁ ACOMPANHANDO DE PERTO SITUAÇÃO DO SETOR DE CALÇADOS NO SUDOESTE 

  1. Fabio Tourinho

    Foi preciso o governo do estado se movimentar para garantir a sustentabilidade da região, já que os gestores não sabem lidar ou nao querem lidar com o problema.
    Parabéns governador Rui Costa pela preocupação com a região.

    Responder
  2. Joaoantonioferreiradossantos

    Esse prefeito deveria se pronunciar sobre essas empresas que estão demitindo os pais de família, se essas fábricas não tá podendo manter seus funcionarios que deveria dar espaços pra outras instalarem como azaleia por ex: toda semana demiti cadê o gestor que não fala nada sobre isso só que receber seu salário todo mês é parti pra Salvador curti, chega disso seu Rodrigo trás industria pra Itapetinga tem tantas fábricas em nova serrana querendo vim pra cá mais cadê o insentivo da sua parti, tá chegando às políticas com suas promessas mentirosas ,essa é a minha opinião estamos sofrendo basta..

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *