ITAPETINGA: COM ABANDONO DA PREFEITURA, TIRO DE GUERRA CONTINUA COM SUAS ATIVIDADES SUSPENSAS

Abandonado pela Prefeitura e com apenas R$ 2 mil reais por ano, que dividido em 12 meses não chegam a R$ 200 reais, o Tiro de Guerra 06023 de Itapetinga, no Sudoeste da Bahia, continua com suas atividades suspensas.

O atraso na alimentação por parte da Prefeitura também é outro drama que vem sendo enfrentado pela instituição, além de um laudo técnico que foi entregue com atraso.

Com as as atividades suspensas, a turma que iria começar o ano letivo 2019 (atiradores), também foi suspensa. De acordo o Subtenente Schultz, existe um acordo de cooperação entre município e o Exército, onde toda manutenção da instituição é de responsabilidade da Prefeitura.

O espaço está aberto para que o Prefeito, caso tenha interesse, se pronuncie sobre o drama que vem passando o Tiro de Guerra de Itapetinga.

Por Roberto Alves

8 Comentários para: “ITAPETINGA: COM ABANDONO DA PREFEITURA, TIRO DE GUERRA CONTINUA COM SUAS ATIVIDADES SUSPENSAS

  1. Jailton

    É uma pena ter fechado o Tiro de guerra, foi onde eu servir e aprendi muito, estou aqui de são paulo, mas to acompanhando tudo. ´Parabéns ao blog por divulgar os mal feitos dessa administração

    Responder
  2. Gerson

    Arrependo de não ter servido aí.Saí quando foi inaugurado dipensado.Tudo era novinho .Sgt. Barreto e mais os gauchos foram os primeiros.Torceremos p/ o CAPITÃO reverter essa situação.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *