ITAPETINGA: DE PRINCÍPIO DE INCÊNDIO A ATRASO NA ALIMENTAÇÃO; SEM RESPOSTA DA PREFEITURA, TIRO DE GUERRA SUSPENDE ATIVIDADES

O Tiro de Guerra em Itapetinga vive um verdadeiro drama e poderá fechar as portas a qualquer momento. Na manhã desta quinta-feira (07) a nossa reportagem esteve no TG e conversou com Subtenente Emerson Martins de Paula Schultz.

De acordo Schultz, o Exército solicitou de todas as unidades laudos técnicos sobre as condições de segurança de todas as unidades; sendo assim, o subtenente enviou à Prefeitura um ofício em 31 de janeiro de 2019, solicitando o citado laudo, mas até o último dia 28 não tinha obtido resposta por parte do município.

Veja o que diz trecho do ofício. “A emissão do laudo é imprescindível para o início das atividades em 1° de março, sendo assim, sua emissão deverá ocorrer antes desta data para a liberação das atividades por parte da 6ª RM”

Ainda de acordo o Subtenente Schultz, o laudo foi feito no dia 27 de fevereiro, mas só foi entregue no dia 1° de março, o que fez com que as ATIVIDADES DO TIRO DE GUERRA FOSSEM SUSPENSAS. Outro drama é o ATRASO NA ALIMENTAÇÃO POR PARTE DA PREFEITURA.

Todas as atividades da unidade foram suspensas. A turma que iria começar o ano letivo 2019 (atiradores), também foi suspensa. De acordo Schultz, existe um acordo de cooperação entre município e o Exército, onde toda manutenção da instituição é de responsabilidade da Prefeitura.

Veja o que diz trecho do laudo assinado pelo engenheiro Rafael Hortélio Andrade Silva, datado em 27 de fevereiro de 2019, mas, entregue no dia 1° de março, de acordo o Subtenente Schultz.

“Diante das inconformidades técnicas construtivas e do desempenho dos sistemas vistoriados e frente às suas condições de habilidade e aplicação do programa de manutenção periódica, classifico a edificação vistoriada, de maneira global e considerando todas as anomalias apontadas no laudo, como de GRAU DE RISCO CRÍTICO, sendo necessário uma intervenção imediata para sanar as irregularidades apontadas no laudo de inspeção…”

Ainda de acordo o Subtenente, dias atrás o Tiro de Guerra de Itapetinga teve um PRINCÍPIO DE INCÊNDIO em uma sala da unidade. Veja na foto as condições da FIAÇÃO, justamente onde ia ocorrendo o incêndio.

Por Roberto Alves

8 Comentários para: “ITAPETINGA: DE PRINCÍPIO DE INCÊNDIO A ATRASO NA ALIMENTAÇÃO; SEM RESPOSTA DA PREFEITURA, TIRO DE GUERRA SUSPENDE ATIVIDADES

  1. Anônimo

    Ouvi agora na secção da câmara que o prefeito reduzio o recurso destinado ao tiro de guerra de 10 mil para 2 mil. E aumentou a verba do gabinete.

    Responder
  2. Maurina Santos

    Com certeza, agora depois do blog postar eles vão tentar resolver. Rapz, essa administração só vai se pressionar. A pior gestão que Itapetinga já teve

    Responder
  3. jose

    REage Itapetinga o povo falava tão mal ze carlos tomam seu cambada foram entrega A CIDADE A UM MENINO QUE NUNCA FOI NADA.

    ATRAS DE gABIRABA E ZE OTAVIO ELES TÃ COM A VIDA GANHAM

    Responder
  4. CB Rocha da reserva 2015

    Muito triste mais amigos do Tiro de Guerra 06-023 não vamos deixa nosso TG morrer vamos nós unir a uniao faz a força o espaço e nosso eu vou ajudar em uma quantia qual quer valor mais para um reforma urgente no meu no seu tg

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *