ITAPETINGA: FRED E ESPOSA SÃO EXONERADOS PELO PREFEITO RODRIGO

O Prefeito de Itapetinga, Rodrigo Hagge, do PMDB, exonerou nesta segunda-feria (18) Fredson dos Santos Reis, do cargo de Assessor Adjunto da Autarquia SAAE e também a sua esposa, Keila Reis Vieira, do cargo de Chefe de Divisão de Informações Sócio Econômicas, lotada na secretaria Municipal de Planejamento.

Imparcial, Fred, como é mais conhecido, apresenta o programa ‘Café no Bule” nas manhãs de sábado pela Rádio Jornal de Itapetinga e recentemente colocou um Blog, que leva o mesmo nome.

Conhecedor de política, será que Fred foi exonerado por dizer certas verdades??? Ambas exonerações estão no Diário Oficial do Município.

Por Roberto Alves

17 Comentários para: “ITAPETINGA: FRED E ESPOSA SÃO EXONERADOS PELO PREFEITO RODRIGO

  1. Esperança

    JÁ?? Tão cedo! Chegaram como os fiéis escuteiros ou generais, meio espiões, meio FBI da nova administração e hoje ja na rua? Quero assistir os próximos capítulos, terão quedas que vou aplaudir muito mais!!!

    Responder
  2. Leo

    Deixa eu falar logo quem sai ganhando nisto tudo é o Fred e sua esposa pois não tinha o real valor dentro desta administração fraquinha com salário de miséria,Fred tanto você e a sua esposa tem capacidade de ganhar muito mais fora deste grupo sem visão e quadrado levanta a cabeça e veja que tem algo muito melhor pra vcs.

    Responder
  3. Quero mais quedas!!

    E desde quando puxa saco tem valor depois que se está no poder? Keila que na outra gestão era assessora de Valquirao e no momento oportuno, largou o barco e foi correr atrás dos gabirabas. Oportunistas, isso que são.Nomeados tem prazo de validade e tem que rezar na cartilhas dos HAGGEs.

    Responder
  4. Jotinha P2

    Fred e Keila, vcs não precisam disso não, esse administração já nasceu morta, infelizmente vcs ajudaram a aleger isso que tá aí. Itapetinga não merece esse desmantelo que tá acontecendo na nossa cidade. prometeram milhoes de empregos , de fabrica, tudo mentira e enganação

    Responder
  5. Carlos Alberto

    Este fato das exonerações nem deveria ser comentado, pois a posição deles sempre foi bem clara, e ficaram tempo demais sendo acalentados pelas mãos do Prefeito. Agora um absurdo foi a nomeação de alguém que ninguém sabe os porquês de suas entradas e saídas de tantos departamentos dentro da Saúde. A função de um Ouvidor é coisa séria e deveria ser tratada como tal, e não reconheço este senhor como alguém apto para exerce-la. Vamos esperar o que os próximos capítulos nos trarão sobre esta situação.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *