ITAPETINGA: FUNCIONÁRIOS DESMENTEM PRESIDENTE DA CÂMARA “ESTAMOS COM 30% DO EFETIVO FUNCIONANDO”

Com 30% do efetivo funcionado, a Presidente da Câmara, Naara Duarte, jamais poderia alegar de que suspendeu as sessões e fechou a Câmara por falta de funcionários ou descumprimento de regra por parte dos servidores, já que a cota mínima de 30% da categoria, como manda a lei, está trabalhando.

Marcelo Evangelista, funcionário, que faz parte da Comissão de negociação, rebate a presidente e classifica como INVERDADE uma nota emitida por Naara. “Ela anda dizendo por aí, que não estamos cumprindo a lei que diz que tem que ter 30% do efetivo trabalhando, é uma inverdade, pois hoje [quarta-feira], trabalharam a tesoureira, a auxiliar de tesoureira, a diretora e a telefonista. Agora à noite teriam que ter dois funcionários aqui: a menina do serviços gerais e o vigilante. Vieram os dois para trabalhar, porém, encontraram a Câmara às escuras e com cadeado trancado”

Na manhã desta quinta-feira (09/05) representantes do sindicato Sinditatiba chegaram cedo à Câmara, onde pressionam a presidente pelo reajuste de 10% à categoria. A sessão realizada do lado de fora pelos vereadores de oposição na noite desta quarta-feira (08/05) já começa a repercutir na imprensa do estado. Veja o blog BAHIA.BA.

Os vereadores também rebatem o argumento de que não haveria a cota mínima de funcionários em atividade para o funcionamento da Câmara. Para os vereadores, foi uma manobra da Presidente para tentar evitar as críticas e manifestações dos funcionários no plenário e dos vereadores de oposição.

Por Roberto Alves

7 Comentários para: “ITAPETINGA: FUNCIONÁRIOS DESMENTEM PRESIDENTE DA CÂMARA “ESTAMOS COM 30% DO EFETIVO FUNCIONANDO”

  1. Adelita Novais silva

    A presidente da camera esta sendo inconstitucional aos termos da a lei pois ela vai ter que rever isso ate mesmo quando estamos a serviços do povo pois quem paga o salário exorbitante dela e o povoe ela e uma serva de Deus fica aonde servir ao próximo

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *