ITAPETINGA: PREFEITO NÃO PAGA POLICLÍNICA E OS DOIS MICRO-ÔNIBUS FORAM RECOLHIDOS E ESTÃO NO PÁTIO DA UNIDADE EM CONQUISTA

Prefeito não pagou nenhuma parcela à Policlínica 

De acordo com Sâmia Oliveira Silva, Diretora Executiva do Consórcio Público de Saúde, que administra a POLICLÍNICA REGIONAL de Vitória da Conquista, desde à sua inauguração, que aconteceu em 01 de agosto, já entrando no 4° mês de atendimento aos municípios consorciados, Itapetinga que embora tenha assinado contrato e aceitado o convênio com a Policlínica, não tem realizado até o momento o pagamento de nenhuma parcela. “Isso faz com que inviabilize o atendimento da população de Itapetinga”, disse.

A entrevista foi concedida na tarde desta terça-feira (05) e vai ao nesta quarta no “Hora da Verdade”. Sâmia coloca de que entra em contato diariamente ou semanalmente com a equipe de saúde de Itapetinga, porém, não obteve resposta até o momento. O valor da mensalidade é de R$ 69.531,58 (sessenta e nove mil, quinhentos trinta e um reais e cinquenta e oito centavos)

A diretora alerta e chama atenção que diariamente Itapetinga tem direito a 61 atendimentos e que mensalmente o município está perdendo em torno de 1.300 atendimentos entre exames, consultas e procedimentos, por não estar pagando. 

Os dois Micro-Ônibus foram recolhidos e estão no pátio da Policlínica em Conquista

De acordo com Sâmia, os dois micro-ônibus foram solicitados para que retornassem à Policlínica, uma vez que os veículos são de uso exclusivo para o trajeto da população de Itapetinga a Conquista para o  atendimento na Policlínica. “Na impossibilidade dos repasses nós solicitamos que os micro-ônibus retornassem à unidade (estão no pátio da Policlínica), e estamos aguardado ainda que o gestor sinaliza ou que cumpra os acordos feitos aqui em assembleia”, disse. “Enquanto não for regularizado o pagamento os micro-ônibus vão ficar aqui no pátio”, conclui, Sâmia.

A Diretora Executiva do Consórcio disse que Itapetinga chegou a ser atendida embora no início, com poucas pessoas, e volta a repetir de que Itapetinga tinha direito a 61 atendimentos diários.

Citando as cidades de Caatiba, Maiquinique, Macarani e Itambé, a Diretora disse que não existe inadimplências com esses municípios. Ou seja, estão pagando em dia suas mensalidades. Somente Itapetinga que não pagou nenhuma. “Assim que for regularizada a situação financeira do município [Itapetinga], de imediato a população retornará ao atendimento na nossa unidade de saúde”, disse a Diretora Executiva do Consórcio.

A entrevista com Sâmia será esclarecedora à população de Itapetinga, principalmente para as  pessoas que precisam dos serviços da Policlínica Regional. “Nós do Consórcio e da Policlínica estamos à disposição aguardando ansiosos para que essa situação seja resolvida para que todos de Itapetinga sejam atendidos aqui da melhor forma possível. Estamos aguardando que o gestor nos procure.”, finaliza Sâmia.

Por Roberto Alves

Seguir...

27 Comentários para: “ITAPETINGA: PREFEITO NÃO PAGA POLICLÍNICA E OS DOIS MICRO-ÔNIBUS FORAM RECOLHIDOS E ESTÃO NO PÁTIO DA UNIDADE EM CONQUISTA

  1. Júlio Novais

    Um prefeito escolhido por aparência e sobrenome de antigos políticos do passado pode ser um grande erro, administrar uma cidade de médio porte não a lugar para erros ou amadores não sabe a importância de um município com tudo funcionando para sua população.

    Responder
  2. Paga o povo prefeitura

    Pra onde está indo o dinheiro da saúde ?!? Faz três meses que não pagam as diárias dos técnicos de enfermagem e dos motoristas.
    Agosto, setembro e outubro sem pagar, e já está acumulando o mês de novembro.
    Ninguém toma uma providência ou dá satisfação de quando irão pagar. É muita omissão pra uma gestão só.

    Responder
  3. CANDIDATO PREJUDICADO

    E sobre o Assaí? Cadê as 400 pessoas que seriam contratadas? A seleção, infelizmente foi no mínimo duvidosa, como sempre aqui em Itapetinga. Só tem marcada, seja para o bem ou para o mal… gente que passou pelo processo de analise curricular e do nada as pessoas responsáveis pela seleção voltaram atrás, após o candidato passar na prova, que já é uma etapa posterior do processo. Onde isto existe? Em Itapetinga, amigos! Quero que você Roberto averigue quem está por trás da seleção (indicação para o Assaí). Pq tá ficando feio, só povo de gente ligada a prefeitura. Isso aí merece um matéria, pois até onde foi divulgado o Assaí vei por intermédio de Rosemberg e Rui, mas quem tá levando os créditos e os empregos e o povo da prefeitura.

    Responder
  4. Fabiano

    Parece até que o dinheiro é do prefeito, tem que saber que o dinheiro é da população, agora Itapetinga vive nessa vergonhosa administração

    Responder
  5. ALBERTO

    AINDA FICAM COMENTANDO NA CIDADE QUE ESSE PREFEITO…
    SÓ UM DOIDO É QUE VAI VOTAR NELE DE NOVO.
    SAI DE MIM CANETA AZUL.
    ESSE PREFEITO É RUIM IGUAL A ESSA MUSICA.
    NÃO VOTO NÃO.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *