ITAPETINGA: PREFEITO, VICE E SECRETÁRIO SÃO VAIADOS NA ABERTURA DA JORNADA PEDAGÓGICA

A sonora vaia dos professores foi logo depois da fala do vice-prefeito Renan Pereira, que de acordo professores presentes, o vice “tentou defender o indefensável”. A APLB, mesmo de CAMISA AMARELA, apesar de presente, não foi convidada para compor a mesa.

Com uma administração caindo pelas tabelas, o Prefeito Rodrigo foi obrigado a ver de perto e engolir calado as cobranças dos professores em uma faixa à sua frente cobrando para a educação: uma gestão democrática; plano de carreira atualizado; reajuste salarial, além de reserva técnica.

Com medo de perseguição, marca antiga dos HAGGES, muitos professores não se manifestaram. Na fala do secretário de Educação, foi enfatizado o fato de que os salários dos profissionais da educação eram os melhores da Bahia, citando os ganhos de cada um, deixando os professores irritados e muitos se retiraram do auditório.

Para tentar abafar os professores, todos os servidores foram convocados para participar da abertura da Jornada Pedagógica na UESB. Professores garantem que o secretário Geraldo Trindade já sabia que os profissionais da educação iriam protestar, por isso, muitos servidores foram convidados para o chamado abafa. 

Por Roberto Alves

Seguir...

26 Comentários para: “ITAPETINGA: PREFEITO, VICE E SECRETÁRIO SÃO VAIADOS NA ABERTURA DA JORNADA PEDAGÓGICA

  1. Esquecidos pelo sindicato

    Oh povo besta … a blusa era verde …
    Os vagalumes da educação … Piscaram e saíram fora …
    Nós motoristas pedimos desculpas por alguns professores … nós nunca participamos ou fomos se quer lembrados por qualquer administração. E quando participamos somos humilhados pelo sindicato dos professores .
    Q só querem para eles .

    Responder
    1. Ana

      Como os servidores foram divididos em professores e demais servidores , não entendo porque, criou- se 2 sindicatos e pelo que acompanho não percebo que o sinditatiba tenha esquecido dos motoristas. Nos últimos anos não busca seus direitos que não quer seja por iniciativa própria ou via sondicato. Só acho que com o sindicato fica mais fácil por se tratar de mesma demanda de vários servidores. Só para registrar não faço parte da diretoria do sindicato. Atender as demandas dos professores não impede ações do poder público aos outros servidores pois o recurso
      para professores tem verba específica e a cobrança e dentro dos valores desses recursos cuja as informações constam no portal da transparência.

      Responder
  2. Negona

    Renan Pereira, para, que tá feio. Cadê o Renan da época de Zé Otávio, que eu conheci? Coitado, se acabou politicamente, discurso mais ridículo, tentando defender algo que tá errado, essa gestão tá toda na contra mão

    Responder
  3. Ana

    Se esse povo estivesse insatisfeito de verdade teriam deixado o prefeito e sua turma falando sozinho. Parabéns aos professores que tiveram a coragem de mostrar a cara e expor suas insatisfações.

    Responder
  4. Anônimo

    Ridículo ouvi Renan Pereira justificando o injustificável. Aquele homem que demonstrava ter pulso forte virou fantoche do prefeito. Pior fantoche excluído.

    Responder
  5. Telminha

    Geraldo tá afundando a classe dos professores, mas a bomba só vai cair no colo do prefeito, 2020 vem aí., vamos mandar esse prefeito de volta para salvador

    Responder
    1. Anônimo

      Não quero defender Geraldo, mais esse prefeito não precisa de um secretário para afundar. Ele tem conseguido fazer isso sozinho. Só não vê quem não quer.

      Responder
  6. Merendeira

    Essa foi piada viu. Vc estava lá Roberto? Com certeza não. Te passaram informações erradas. O que houve foi arruaça por parte de uma meia dúzia de professores que só pensam em salário e pouco se envolvem com a educação do município
    O evento foi perfeito. E nós que nunca fomos lembrados boa sentimos felizes.

    Responder
    1. Leitor

      Com certeza você deve ser uma contratada… não é de espantar o seu elogio, pq é como dizem: “quem tem o seu, que garanta!” ou “manda quem pode, obedece quem tem juízo” kkkkk… rabo preso é f0d@ viu kkkk!

      Responder
    2. Anônimo

      A única coisa perfeita foi a palestra. Apesar de não concordar pois o melhor protesto era sair e deixar falando sozinho, teve vaia sim quem não viu não estava presente no momento. No município tem muitos servidores que em nada contribuem só querem direitos e esses não são só professores. Toda profissão tem os bons e maus profissionais. Não é possível fazer cumprir seus direitos sem luta. Ou será que os outros servidores quando sicilicitavam reajuste salarial e vale alimentação ficaram em suas casas e trabalhos e o prefeito concedeu? Não foi o que vimos no ano passado. Vivemos em uma democracia onde todos tem direito de lutar pelos seus direitos. Todo profissional precisa respeitar isso.

      Responder
  7. Cacau

    Ué e porque não filmaram, já que tudo coloca na internet porque desta vez não filmaram e colocaram no whatssap para o blog CIDADE ACONTECE fazer a matéria com mais conteúdo.

    Responder
    1. Leitor

      kkkk pegue ar não viu… você tem o rabo preso? Aí é papo de contratado gado do prefeito, fantoche, sem voz… se tá bom pra vc, beleza… mas Itapetinga é grande e não pertence a um grupo politico e seus baba ovos.

      Responder
  8. VIGIA

    Os Vigilantes não recebem mais as horas extras do feriados a meses outros nunca recebeu. A porcentagem de periculosidade que Dilma sancionou em 2012 só recebem aqueles que deram entrada na justiça e ganhou a causa. Como um direito só é garantido judicialmente pq não paga a todos.
    Pessoal de apoio foi convidado pq queria auditorio cheio sai fora incompetêntes governo sem compromisso .

    Responder
  9. Bia

    Tem gente sem moral e hipócrita, como sempre na cidade, talvez seja por isso que o município não anda,quem já foi direitora de escola municipal na outra gestão e não reivindicava nada pois estava mais do que bom para a tal, agora que não tem mais o cargo de direção escolar revendica melhorias para a categoria de ensino, se mudar o governo municipal e retornar aliados da ex diretora tiver cargo vai tornar a ficar calada sem reivindicar nada para a categoria. Por essas e outras não tem meu respeito.

    Responder
    1. Ana

      Se houvesse eleição para diretor
      de escola esse problema seria resolvido. Na rede municipal diretor de escola é cargo de confiança devendo por tanto ficar quietinho nas ações do sindicato. O diretor que desejar se manifesta de forma contrária por ética deve entregar seu cargo.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *