ITAPETINGA: PROMESSA DE “GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA” FOI UMA GRANDE MENTIRA DE CAMPANHA

Acreditando nas promessas de emprego da atual administração, que em campanha pregava uma tal de “geração de emprego e renda”, o resultado de uma campanha com promessas irresponsáveis e mentirosas, tem feito inúmeras famílias deixarem Itapetinga em busca de um trabalho.

Até o momento as promessas de que teriam fábricas e indústrias em Itapetinga, ainda não desceram do palanque. O município vem enfrentando uma crise com centenas de pais de família desempregados.

Enquanto o povo clama por emprego, o Prefeito faz contratos milionários com locação de veículos; empresa de coleta de lixo e tantos outros. Cadê a fábrica de Coca-Cola? Cadê a empresa de calçados Di Cristalli?? Cadê a Usina Asfáltica?? Cadê o medicamento nos postos?? Por que mentiram tanto para o povo??

Por Roberto Alves

22 Comentários para: “ITAPETINGA: PROMESSA DE “GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA” FOI UMA GRANDE MENTIRA DE CAMPANHA

  1. Clóves e Flávio ou Batman e Robin?

    Gerou emprego sim, para 900 (novessentos) nomeados e contratados, muitos destes desqualificados, haja vista como se encontra a prefeitura, um verdadeiro bate cabeça tentando enrolar o despreparado morador de Salvador, Rodrigo Hagge, que antes de ser prefeito, até o carro dele era abastecido com o cartão da mãe, pois nem a vida dele ele sabia adiministrar.

    Responder
  2. Elisangela

    Como eu queria acorda, com ligação de entrevista de emprego, mas Itapetinga tá sem oportunidade. Vamos pedir a Deus que ele possa iluminar pessoas que possa a mudar essa história.

    Responder
  3. Fernanda

    Roberto, tô sabendo que vão lhe oferecer 5 mil pra vc parar com as críticas ao prefeito. To de olho em vc, se caso vc não mais publicar nada, já estou sabendo e é bom que a populção saiba também, quero ver vc publicar esse comentário

    Responder
  4. JOAO MARQUES DIAS LIMA

    Sou de itapetinga mais tem .mais de 27 anos qie nao vou ai..mais acompanho as novidades. Sem que a cidade mudou muito inclusive na violencia

    Responder

Deixe uma resposta para Tiago Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *