ITAPETINGA: QUANDO SE FALA EM FOLGA, SECRETÁRIO DE SAÚDE LASCA OS FUNCIONÁRIOS

Segue na íntegra uma nota da Diretora de Atenção à Saúde, Liliane Neves Moitinho, da secretária Municipal de Saúde, sobre a ESCALA DE FOLGA, dos funcionários. Tem gente CHIANDO nos corredores da secretaria e o secretário Danylo Patês começa apanhar igual “mala velha”

 

Nota/SIC “Colegas, receberão informe do departamento de RH, informando determinação do secretário de Saúde, o Sr. Danylo Patês Meira, referente às folgas. Passa a vigorar a partir desta segunda, 15/01. Ficou assim definido: extinta folga quinzenal para enfas; extinta folga semanal para efetivos.

Os únicos funcionários com direito à folga mensal são os efetivos, uma no mês. Não são cumulativas. Não gozadas no mês em curso, perde-se.

Já os funcionários contratados terão direito a um período de 15 dias de descanso semanal no 1º semestre e mais 15 dias no 2º semestre. As coordenadoras das unidades serão responsáveis por montar escala dos servidores contratados, sob sua responsabilidade, atentar em liberação dentro da realidade da unidade, sem prejuízo para a oferta de serviços à comunidade.

O período de folga das coordenadoras será deferido em acordo com a coordenação de Atenção Básica. Não programar folgas sem o consentimento da Coordenação sob pena de advertência, uma vez q vai de encontro às determinações do secretário de Saúde.

A orientação do mesmo é solicitar o período e aguardar retorno da Coordenação imediata, quanto a essa possibilidade. Não agendar compromisso. Obg pelo apoio e atenção ao cumprimento da determinação do Secretário. A partir do dia 15/01 cobrem do RH, documento relativo a estas deliberações.”

Atenciosamente,
Liliane Neves Moitinho
Diretora de Atenção à Saúde

14 Comentários para: “ITAPETINGA: QUANDO SE FALA EM FOLGA, SECRETÁRIO DE SAÚDE LASCA OS FUNCIONÁRIOS

  1. Ivan

    A saúde está mesma f… essa diretora é a própria lisias da gestão passada, ela manda e desmanda na saúde, secretário não existe perdido igual cego em tiroteio e ela se achando que sabe tudo. Perseguição é a marca dela. Não voto mais nos Hagge por conta desse povo. O voto errado e arrependido, mas 4 anos passa rápido.

    Responder
  2. Observadora

    O coisa boa !
    Estou gostando muito dessa administração viu ! Só lascando com o servidor o bem feito.. Ainda vai ter mais desgraças preparem se!
    Viva os Sarues…….

    Responder
  3. Funcionária da saúde

    Prefeito fraco, deixa tudo correr ao Léo e sem comando. Pergunte ao servidor o q que ele acha da gestão. Vcs vão se assustar.

    Responder
  4. Ana Maria

    No edital do concurso tinha folga?! Se tinha vai brigar na justiça, bando de preguiçosos, Itapetinga está precisando de gente que trabalha, esses funcionários só fazem reclamar de direitos e não querem cumprir com os deveres, chega no horário e cumpre a carga horária que é melhor. Vcs trabalham para o povo, toda vez que entra prefeito é essa confusão com horário, pára que tá feio!

    Responder
  5. Mama

    Roberto, tem uma bomba dá secretaria de saúde. Vou apurar direito e te enviar. Esse secretário é fraco, não tem o controle dos fundadores, uma bagunça só

    Responder
  6. Carlos Alberto

    Na verdade o Secretário atual só veio reparar uma lambança que o Secretário exonerado havia feito em conluio com a Sra. Rita Adriana, ex presidente do SINDITATIBA. Edital prevê 40 horas semanais, que devem ser respeitadas pela lei, e ainda existe muito servidor que fantasia atestados para ficar sem trabalhar. Precisamos manter as pessoas que querem realmente trabalhar e que cumpram com suas obrigações, e fazer com que as coisas sejam levadas a sério. Primeira atitude vigilante e sem receios de cumprir com o que é correto. Larguem de falar deste ou daquele que esta fazendo as coisas corretas e comecem a ver as coisas com uma visão de ajudar nossa administração a conseguir o melhor para a Cidade e para o POVO.

    Responder
    1. Helder Silva Serafim Machado

      Carlos Alberto vc fala sem o conhecimento dos fatos. Enquanto secretário sempre defendi a valorização dos servidores públicos municipais, com ganhos salariais, capacitação e plano de cargos. Achava injusta e pequena a discussão apenas por carga horária. Aboli o ” turnao” por não ter bases legais . Jamais fizemos qualquer tipo de acordo com o Sindicato, pois entendia que essa pauta é da Gestão Municipal e não da secretaria. O que existe em nossa cidade é um desumano achatamento salarial dos servidores do município, em especial na SAÚDE, o que obriga muitos a buscar um outro emprego para complementação da renda familiar.

      Responder
  7. João Santos

    Carlos Alberto se a incompetencia na gestão tem que se criticar mesmo os servidores vão se vê lesado e vao ficar calados?tem que colocar a boca no trombone mesmo ruma de incompetentes.e perseguidores.

    Responder
  8. anônimo

    Se não querem trabalhar cai fora. Tem muita gente desempregada precisando de emprego. Ô povo que reclama. Seria bem feito se perdessem o emprego e aí ia sentir na pele o que é ficar sem um centavo no bolso.

    Responder
  9. Callos Alberto

    Acho que não consegui acompanhar esta sua declaração amigo Helder……… Acho que você não teve tempo de fazer tudo isto, pois seu tempo na cadeira foi ainda menor do que a Secretária Liege. Algumas pessoas podem até acreditar em algumas coisas que você dizia pretender fazer, mas todos já viam em suas atitudes e semblante, que o que importava realmente era aparecer na mídia.
    A transparência de um Governo comprometido com a Cidade e com o POVO, não era bem aquilo que te interessava. Tentar implantar este tipo de artimanha, afim de conquistar um espaço que nunca seria seu, foi talvez um dos erros que comprometeram sua estada na Cadeira da Saúde………

    Responder
  10. Nego de Zete

    Secretário bom foi Emanuel. Sem perseguição.
    Qto atual gestão, não tem atraso no pgto, mas soube que tem servidor ganhando menos de 1 salário mínimo

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *