ITAPETINGA: SE EU FOSSE VENDEDOR AMBULANTE COLOCARIA MEU CARRINHO DE SALGADOS NA ALAMEDA

Com uma MERDINHA de administração que existe em Itapetinga, no interior da Bahia, em plena crise e falta de emprego na cidade, parece que o pensamento do gestor não é de “geração e renda” como prometera em campanha.

As cenas presenciadas por inúmeras pessoas na Alameda Rui Barbosa na última quarta-feira (19), onde a vendedora ambulante Maria Bethânia acabou desmaiando, por conta de uma abordagem mal sucedida pelo guarda municipal Aparício Souza, deixaram a população revoltada. 

Repito: com uma MERDINHA de gestão atualmente em Itapetinga, não se vê mudanças. Já são dois anos e o que se pode ver é uma regressão da cidade. O povo até hoje espera as fábricas e indústrias que continuam sendo prometidas.

Se eu, Roberto Alves, fosse vendedor de salgadinhos, colocaria meu carrinho em plena Alameda. Ou seria melhor eu ir roubar??? A administração teria que me dar uma opção.

Por Roberto Alves 

7 Comentários para: “ITAPETINGA: SE EU FOSSE VENDEDOR AMBULANTE COLOCARIA MEU CARRINHO DE SALGADOS NA ALAMEDA

  1. Tequila

    SE FOR PRA IR ATRÁS DE TRAFICANTES, ELES TEM MEDO, MAS VÃO PRA CIMA DE UMA POBRE COITADA QUE VENDER SEUS SALGADOS HONESTAMENTE PARA SUSTENTAR SUA FAMÍLIA

    Responder
  2. Cacau

    Mais um para concorrente, os ambulantes não vão gostar, Roberto e conhecido na cidade a clientela dos outros ambulantes vão comprar salgados na mão dele.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *