ITAPETINGA: SEM COMPROMISSO COM A POPULAÇÃO, VEREADORES DO PREFEITO NÃO COMPARECEM EM AUDIÊNCIA SOBRE AGROTÓXICOS NA ÁGUA DO MUNICÍPIO

Os vereadores do Prefeito (foto) não foram

Os vereadores de oposição: Romildo Teixeira, Valdeir Chagas, Diga Diga, Valquirão, Gimar Piritiba e Márcio Piu, juntamente com técnicos, palestrantes e pessoas da comunidade, discutiram na noite desta sexta-feira (10/05), o problema do agrotóxico na água do município.

Os 9 vereadores que apoiam o Prefeito, mais uma vez se mostram sem compromisso com a população e não compareceram para debater o tema. A audiência pública aconteceu na Câmara de vereadores de Itapetinga e foi dirigida pelo vereador Romildo, Presidente da Comissão. Além do SAAE, representantes da UESB também estiveram presentes.

De acordo dados obtidos em uma investigação conjunta pela ONG Repórter Brasil, da Agência Pública e da organização suíça Public Eye, em ITAPETINGA, no Centro-Sul da Bahia, foram detectados 27 AGROTÓXICOS, sendo 11 associadas a doenças crônicas como o CÂNCER.

“Nós não precisamos mais de teorias, de tese, o que precisamos é de técnicos, afinal de contas têm pessoas morrendo. Têm pessoas que se confirmados esse resultados estão morrendo de câncer, morrendo de todas as doenças provenientes desses agrotóxicos”, disse o ex-vereador Juraci NunesMais na frente Nunes ainda acrescenta: “seria bom que se criasse uma comissão de técnicos para se tirar essa dúvida.”

O ex-vereador Gama Sobrinho disse que existe uma a preocupação da população. “A comunidade não está tranquila, secretário; a comunidade está preocupada”, colocou. O ex-secretário de saúde do município, Hélder Serafim, também é a favor de estudos profundos. “É necessário a criação de um grupo de estudo aprofundado para que possamos trazer à sociedade dados mais reveladores…”.  

Uma fiscalização na nascente do rio Catolé por parte do SAAE, foi defendida pelo comerciante e membro da Associação Agrovila Catolé, Romário Barbosa. “É uma preocupação pra gente a água de Itapetinga…”. O ex-vereador Gilson de Jesus foi ao ponto: “…mas, aqui eu ouvir um discurso de que era para abafar: ‘temos que dizer que a água tá boa’, isso não resolve. Nós bebemos da água do rio Catolé, nós somos Itapetinga. São nossos filhos, nossas mulheres, nossas mães…”, disse o membro da Associação dos ex-vereadores.

“Ouvindo atentamente aqui os palestrantes eu quero dizer para o povo dessa cidade: sabe quando o povo brasileiro vai beber água boa? Nunca, os nossos governantes não estão nem aí para nós…”, expressou o vereador Gilmar Piritiba. O edil deu o exemplo dizendo de que a Câmara é composta por 15 vereadores, mas os 9 do Prefeito não compareceram. “Cadê os vereadores do Prefeito Rodrigo, que dizem que defende o povo?”, questiona. 

Alex Dutra, diretor do SAAE, disse que análises serão feitas. “Sou sabedor dos problemas que acontecem aqui nessa cidade em relação aos agrotóxicos e a contaminação…”. O vereador Romildo cobra análise da água. “Não queremos condenar ninguém, mas queremos explicação para dar à população”, finaliza.

Por Roberto Alves

9 Comentários para: “ITAPETINGA: SEM COMPROMISSO COM A POPULAÇÃO, VEREADORES DO PREFEITO NÃO COMPARECEM EM AUDIÊNCIA SOBRE AGROTÓXICOS NA ÁGUA DO MUNICÍPIO

  1. Simone

    Parabéns pela matéria, seu blog realmente tem ficado grandes assuntos é feito questionamentos importantes para ajudar Itapetinga

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *