FESTA DE POSSE DA NOVA DIRETORIA DO SINTERP/BA

image-1411-festa-posse-sinterp-diretoria-2014A nova Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Rádio, TV e Publicidade da Bahia (SINTERP/BA) será empossada no dia 29 de agosto com uma comemoração na Casa d’Itália, às 19h. Prepare-se para a festa! Retire seu convite na sede do sindicato. A entrada só será permitida mediante a apresentação do mesmo!

Informações pelo telefone 3266-9595 e e-mail: sinterpba@sinterpba.org.br

LEITOR COBRA FIDELIDADE DE MICHEL A NÍVEL NACIONAL

Michel (SIC) – O ex-prefeito Michel costuma dizer que é de partido e por coerência segue suas determinações. Na Bahia o PMDB vai com Souto do DEM e Geddel, porem a nível de Brasil o partido apoia Dilma e concorre na vice com o atual vice e candidato novamente Michel Temer.

Por que então Michel botou sua voz no carro de som pedindo voto para Aécio. Não está contrariando nacionalmente o seu partido? e mais, sua filha Virgínia ocupa a Delegacia da SEcretaria de Agricultura na Bahia por indicação do PMDB. É ingratidão e incoerência juntos. Gostaria que fizesse matéria. Por um leitor chamado João das Quantas

ITAPETINGA: COMITÊ REGIONAL DO PT SERÁ INAUGURADO NESTA SEXTA-FEIRA (22)

José Carlos Moura, Alécio Chaves e o Presidente do PT local James Alves, convidam a todos para inauguração do Comitê Regional do PT, que será nesta sexta-feira (22), às 18 horas, próximo a  Praça Daire Walley, no centro. Os deputados, Rosemberg Pinto e Geraldo Simões, ambos do PT, estarão presentes no evento.

pt 4

REALIZADO EM ITAPETINGA O 2º MÓDULO DO CURSO DE LITERATURA – PROGRAMA QUALIFICAÇÃO EM ARTES 2014

cursoO Curso de Literatura, que teve início em Itapetinga no dia 1º de agosto na Biblioteca Infantil, teve o seu segundo módulo no último final de semana, de 15 a 17 de agosto, com a temática, “crônicas”, ministrado pelo escritor João Filho, que participou de algumas antologias de contos, dentre elas: Terriblemente felices-Nueva, narrativa brasileña, 2007, Argentina; 90-00: cuentos brasileños contemporâneos, 2009, Peru; Geração Zero Zero, fricções em rede, 2011, Brasil; Popcornunterm Zuckerhut, 2013, Alemanha. Publicou Encarniçado, contos, 2004; Ao longo da linha amarela, contos, 2009; A dimensão necessária, poesia, 2014; Dicionário amoroso de Salvador, crônicas, 2014. Curador do projeto Palavras Passageiras – Poesia no ônibus, em Salvador, 2013. Autor convidado da FLIP, 2005.

João Filho gostou muito de Itapetinga e fez uma crônica sobre sua passagem pela cidade. O Curso de Literatura é do Programa de Qualificação em Artes 2014, oferecido pelo Centro de Formação em Artes (CFA) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), com produção da Da Rin Produções. O próximo modulo será de 29 a 31 de agosto, onde a poesia será abordada pela professora Karina Rabinovitz.

Por Márcia Aguiar

CONVITE: 20 DE AGOSTO É O DIA DO MAÇOM

Dia 20 é o dia do MAÇOM e baseado na carta de Belo Horizonte,  eles reiteram a firme disposição de seguir participando das iniciativas destinadas a coibir a impunidade e erradicar a corrupção.

A Loja Maçônica Amor e União de Itapetinga, conta com sua presença, nesta quarta-feira,às 8 horas da manhã para hasteamento das bandeiras, na porta da Maçonaria.

maçom

GOVERNO WAGNER INAUGURA 59 QUILÔMETROS DE ESTRADA E ENTREGA AMBULÂNCIA EM NOVA SOURE

d3808630e1b5b144b8017346d7a6a8a3O trecho de 59 quilômetros da BA-084, que liga o município de Nova Soure a Biritinga, no nordeste da Bahia, foi entregue na manhã desta terça-feira (19) pelo governador Jaques Wagner após recuperação e pavimentação da via. Ao todo, o Governo do Estado investiu R$ 28.638 milhões nas melhorias da estrada por onde passam diariamente, em média, 780 veículos. O trecho recuperado é um dos maiores já restaurados em estradas baianas. Ainda em Nova Soure, o governador autorizou o início das obras de restauração e pavimentação da BA-398, trecho de 17,5 quilômetros do entroncamento da BR-110 ao município de Crisópolis, na mesma região. Com investimento aproximado de R$ 6,5 milhões, as obras beneficiarão cerca de 100 mil moradores desse município, de Inhambupe, Acajutiba, Olindina e Aporá. Além da BA-084, na cerimônia, o governador entregou uma ambulância de pronto atendimento para a população de Nova Soure e região. “Nós já fizemos outras ações, que somadas às entregas de hoje, representam prosperidade para a população e reforço nas áreas da saúde e da economia, porque as estradas possibilitam o desenvolvimento dos diversos segmentos”, disse Wagner.

ELEIÇÕES 2014: DILMA INICIA PROGRAMA ELEITORAL NO RÁDIO

Começou nesta segunda-feira (19) o programa de rádio de lançamento da campanha da presidenta Dilma Rousseff à reeleição. Com a participação do ex-presidente Lula, o programa destacou os avanços conquistados nos últimos 12 anos e a vontade de Dilma de continuar liderando a nação e avançando com as conquistas para melhoria da qualidade de vida do povo brasileiro.

1908_dilma66112O Brasil está mudando cada vez mais e se a gente já sente os benefícios dessa mudança atualmente, serão as crianças do Brasil ainda mais beneficiadas para crescer num país ainda mais justo com saúde, educação e mais oportunidades” falou o ex-presidente Lula.

O programa destacou ainda a baixíssima taxa de desemprego atualmente e os mais de 20 milhões de empregos com carteira assinada que foram criados desde o primeiro mandado de Lula.  “Vamos fazer do pré-sal nosso ‘passaporte’ para o futuro. 75% dos royalties do petróleo serão investidos na educação e 25% na saúde, ou seja, o Brasil está no caminho certo e pronto para viver um novo ciclo de desenvolvimento”, disse a presidenta Dilma Rousseff.

Ao final do programa, Lula fez uma homenagem a Eduardo Campos (PSB) que faleceu recentemente e era um dos candidatos a presidência. Por Ramon de Castro

MARINA É PROBLEMA DE AÉCIO, NÃO DE DILMA

Pesquisa Datafolha sobre a sucessão presidencial recém-divulgada traz más notícias, sim, mas não para Dilma. Quem se deu mal com a reviravolta no quadro eleitoral foi Aécio Neves e até os “nanicos”, que já chegaram a somar 9 pontos percentuais e agora somam 5.

Para este Blog, nenhuma surpresa. No começo da tarde de domingo, este que escreve já avisava, via Twitter, o que o Datafolha mostraria.

get_imgAntes de prosseguir, vale comentar “análise” de Elio Gaspari que a mídia “bombou”. O resultado do Datafolha mostra como esses “colunistas” não escrevem análises, mas torcidas.

O título do texto de Gaspari basta para esclarecer do que se trata: “Aécio atingido é dúvida, mas dano a Dilma na eleição é certeza”. O título perdurou durante toda a tarde de domingo na home do UOL, com o exato teor acima. Porém, foi alterado para “O PR-AFA de Eduardo Campos acertou Dilma”.

Seja como for, os fatos mostram que quem perdeu mais com a candidatura de Marina foi Aécio.

Em primeiro lugar, Aécio, que tinha presença garantida em um eventual segundo turno, tendo mais de 10 pontos à frente de Eduardo Campos, agora está (numericamente) em terceiro lugar na disputa. Dilma continua com larga vantagem à frente do segundo colocado, Marina.

Em segundo lugar, a aprovação ao governo Dilma cresceu SEIS pontos.

Em terceiro lugar, a vantagem de Dilma sobre Aécio em um eventual segundo turno entre ambos, aumentou bastante. Chegou a ser de 44% a 40%, ou 4 pontos, no Datafolha; agora, contra Aécio a vantagem é de OITO pontos, ou seja, dobrou.

Numericamente, Marina tem 4 pontos à frente de Dilma no segundo turno (47% a 43%), o que configura empate técnico porque a diferença fica na margem de erro de 2 pontos percentuais – Marina pode ter 45% e Dilma, também. Mas essa situação tem tudo para ser transitória.

Em primeiro lugar, a pesquisa foi feita em meio à comoção com a morte de campos. Em segundo lugar, pesquisa recente de uma divisão da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) sobre como o noticiário está tratando os candidatos a presidente (o dito “manchetômetro”) mostra que Dilma – e só Dilma – está sendo massacrada pela mídia, mas isso mudará com o início do horário eleitoral, a partir desta terça-feira.

Passada a comoção e com a campanha de Dilma finalmente podendo dar a sua versão dos fatos no maior tempo de televisão e rádio entre todos os candidatos, será difícil que Marina continue se projetando sobre a petista no segundo turno. A tendência é de que fique com o patamar de Eduardo Campos ou de Aécio.

De sábado para cá, aliás, Reinaldo Azevedo, um porta-voz quase assumido do PSDB, já começava a bater em Marina, criticando a exploração política que ela tem feito da morte de Campos.

Nesta segunda-feira, Reinaldão continua batendo em Marina. Não há prova maior de que Aécio está perdendo muito com a candidatura dela.

Claro que a militância petista também criticou Marina por rir e fazer “selfies” durante o velório do ex-companheiro de chapa no velório dele, sobre seu caixão. Porém, a militância não tem as informações de Reinaldo, que já foi muito bem instruído pelo PSDB.

O comportamento desse jornalista tucano aponta para o que deve acontecer até o dia 5 de outubro: Marina e Aécio vão se engalfinhar pelo segundo lugar, mas o Datafolha mostra que Marina tem muitas vantagens sobre ele.

Marina, pelo menos até aqui, não tem esqueletos no armário como o tucano – Aécioportos, etc. Dilma carrega o peso do PT (mensalão, etc.), mas contra si não pesa nada. Tanto quanto contra Marina.

Aliás, se forem analisar partido por partido o PSB também tem muita gente acusada de corrupção.

A questão é a imagem dos candidatos. O Datafolha revela a fraqueza da candidatura de Aécio e a força da candidatura de Dilma, que está no seu piso há muito tempo. Imaginar que poder dar sua versão dos fatos no horário eleitoral não irá melhorar sua aprovação, é temerário.

Mais uma vez: hoje, a voz de Dilma é quase inaudível diante do massacre midiático que o “manchetômetro” da UERJ revelou. A partir desta terça, Dilma, Lula e o PT vão poder falar. E terão muito, muito, muito espaço para tanto.

A previsão deste Blog, pois, é a de que a campanha de Dilma vai simplesmente deixar Marina e Aécio se engalfinhando pelo segundo lugar, de forma que aquele entre os dois que chegar ao segundo turno, chegará meio estropiado.

Claro que Aécio tomará cuidado porque, caso passe para o segundo turno, precisará do apoio de Marina. Contudo, se ela se aliar a ele oficialmente no segundo turno, atrairá sua rejeição, que deverá crescer muito.

Com todo o bombardeio que tem sofrido, Dilma não perdeu um único ponto. Aécio perdeu pouco (tinha 21% e agora tem 20%), mas perdeu. Dilma ganhou aprovação ao seu governo e perdeu rejeição. Tudo de bom para ela. Chega à campanha na TV melhor do que disse a maioria dos “analistas” da grande mídia.

Além de tudo isso, nas próximas semanas o Brasil saberá mais sobre Marina. A coordenação de sua campanha por uma das donas do banco Itaú é um fato que a população não sabe, mas que, ao saber, fará com que reveja a imagem de candidata “socialista’.

Finalmente, àqueles que possam julgar que Marina no poder não seria a mesma coisa que Aécio, digo que se enganam. Seria uma títere da mídia e do capital.

Contudo, Marina tem um problema com o capital, com o agronegócio. Aécio, não. Por mais que o capital não tenha tanta força em eleições quanto se pensa, seguramente tem influência e acha que Marina é menos previsível do que o tucano.

Trocando em miúdos: o capital não deve fazer tanta força por Marina quanto fará por Aécio.

Para Dilma, às portas do início do horário eleitoral no rádio e na tevê, o quadro é muito melhor do que o esperado. Quem estiver pensando em pular fora do barco dela, convém aguardar. A tendência é de que ganhe musculatura eleitoral nas próximas semanas.

O MORDE E ASSOPRA DA FOLHA COM MARINA SILVA

Jornal GGN – A edição da Folha de S. Paulo desta segunda-feira (18) dá um beliscão em Marina Silva, para depois afagá-la (ou confortá-la, digamos assim). O periódico manchetou o desempenho superior de Marina em relação ao de Eduardo Campos (PSB), na primeira pesquisa Datafolha feita após a morte do ex-governador de Pernambuco. Mas, no editoral, o jornal crava Marina como incompetente por não ter conseguido criar a Rede Sustentabilidade e virar presidenciável em função de uma tragédia.

Além de destacar esse obstáculo na trajetória de Marina, o jornal projeta o cenário em que a ex-senadora será inserida, classificando Marina como dona do discurso de terceira via cheio de “contradições” e incertezas. Nesse quadro, para a Folha, Aécio Neves (PSDB) e até mesmo Dilma Rousseff (PT) apresentam discursos mais consistentes.

Para a Folha, com base nos resultados da pesquisa de opinião, Marina aparece como potencial herdeira dos votos da parcela dos brasileiros que se mostrou insatisfeita com a política tradicional. O jornal alerta, entretanto, que apesar de Marina ser a candidata de circunstância, “será preciso mais do que a intervenção do imponderável. O adversário imediato da ex-ministra do Meio Ambiente, senador Aécio Neves, conta com melhor estrutura partidária e está enraizado no coração demográfico e econômico do país, o Sudeste.”

Desde o acidente áereo que vitimou Campos no litoral paulista, Marina é tida como substituta natural na cabeça de chapa do PSB. A grande mídia, à sua maneira, tem insistido para que isso aconteça. O motivo é que, com Marina, o segundo turno com Dilma Rousseff é certo – algo que, com Campos, as pesquisas de opinião não sentenciavam. Mas com Marina, Aécio Neves pode acabar em terceiro lugar.

Marina Silva