O NEGACIONISMO E O DESCASO DE BOLSONARO POR NÃO TER DADO PRIORIDADE PARA A COMPRA DE VACINAS

O negacionismo tem se revelado como expressão máxima do descaso do presidente da república com a saúde pública. Tamanhas foram as consequências da postura do presidente diante da pandemia, que mais de 500 banqueiros e economistas pediram, em carta aberta, medidas de combate à pandemia, e demonstraram o quanto a lentidão na vacinação da população foi prejudicial para a economia do país, reduzindo a atividade econômica e consequentemente a arrecadação. Leia Mais…