QUANDO AS RUAS FALAM, OS GENOCIDAS TREMEM

As ruas foram tomadas por quem sempre esteve no centro do alvo. Com isso, o futuro promete novos ares se continuarmos lutando.

As ruas foram tomadas no último 29 de maio. O grito do povo, ecoado em 213 cidades pelo país, deixou o recado não só para o presidente, mas para todo mundo que mantém o discurso negacionista, racista e genocida. Leia Mais…