AO APROVAR VACINAS, ANVISA DESMENTE BOLSONARO E DEIXA CLARO QUE NÃO EXISTE “TRATAMENTO PRECOCE” CONTRA COVID-19

Durante a reunião em que autorizaram o uso emergencial contra a Covid-19 das vacinas Coronavac e de Oxford, diretores da Agência desmentiram informações divulgadas por Jair Bolsonaro e pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, sobre eficácia de “tratamento precoce” contra a doença causada pelo novo coronavírus. 

“Até o momento não contamos com alternativa terapêutica aprovada disponível para prevenir ou tratar a doença causada pelo novo coronavírus”, afirmou a relatora Meiruze de Freitas

Entre os medicamentos utilizados no “tratamento precoce” defendido pelo governo estão a cloroquina e invermectina, que não têm eficácia comprovada contra a Covid-19. 

Outro diretor da Anvisa, Alex Campos, destacou durante seu voto que não existem remédios para tratar a Covid-19. “Considerando que a autorização de uso emergencial num cenário em que não há medicamentos para tratar a emergência do coronavírus, considerando por fim o interesse público envolvido, justifica o seu uso neste momento, voto pela autorização de uso emergencial excepcional e temporário da Fiocruz e do Butantan.”

Fonte: 247

Um Comentário para: “AO APROVAR VACINAS, ANVISA DESMENTE BOLSONARO E DEIXA CLARO QUE NÃO EXISTE “TRATAMENTO PRECOCE” CONTRA COVID-19

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *