ENQUANTO A POPULAÇÃO COMEÇA A VIVER A SEGUNDA ONDA DA COVID, PREFEITURA DE ITAPETINGA DESATIVA HOSPITAL DE CAMPANHA  

Mesmo com várias mortes e inúmeras pessoas de Itapetinga infectadas pela Covid-19, a prefeitura municipal desativou o hospital de Campanha do 12 de Dezembro.

Com encerramento das atividades da unidade, segue o desleixo do prefeito em relação à saúde municipal, que continuará por mais quatro anos de desmando, o que não é novidade. Por Roberto Alves

Muito em breve serão tomadas no Brasil, inevitavelmente, sérias medidas restritivas à flexibilização da quarentena – e é certo que o tão sonhado verão e esse final de primavera se farão tempos ainda mais sombrios de isolamento. Motivo: uma segunda onda de proliferação de contágio pelo coronavírus chegou ao País e já deu mostras de que será tão calamitosa como a que castiga o continente europeu e os EUA.

Na quarta-feira 25 o mundo registrou o maior número de mortes por Covid em um dia (12.785), e o Brasil está entre as nações que pressionaram o índice para o alto.

A opinião unânime dos profissionais de saúde que estão na linha de frente é que no País a situação faz-se dramática. A Fundação Oswaldo Cruz publicou na semana passada um relatório no qual mostra que passou de quinze para vinte e um a quantidade de estados que estão com taxas alarmantes. Ainda na quarta-feira, o Brasil anotou seiscentas e vinte mortes em apenas vinte e quatro horas.

A segunda onda

Ela chegou e se mostra tão avassaladora e fatal como se vê em países da Europa e nos EUA. O Brasil poderia ter aprendido a lição com essas nações, mas acabou cometendo os mesmos erros de uma excessiva flexibilização da quarentena e de tolerar comportamentos de risco.

A postagem é da ISTO É, publicada nesta sexta-feira, 27.11.

6 Comentários para: “ENQUANTO A POPULAÇÃO COMEÇA A VIVER A SEGUNDA ONDA DA COVID, PREFEITURA DE ITAPETINGA DESATIVA HOSPITAL DE CAMPANHA  

  1. Paulo César

    E a Secretaria de Saúde insiste em esconder os números reais da Covid -19 em Itapetinga. Será por quê, se já passaram as eleições? Tão querendo esconder o que, e de quem?

    Responder
  2. Chico

    Agora não importa quem votou ou deixou de votar!
    O que Vale lembrar é que o prefeito deu um tapa na cara dos donos de bares, de comércio que foi obrigado a fechar pra evitar aglomerações.
    Ele mesmo o Prefeito Rodrigo Hagge que foi muito bem votado nessas eleições, ele que fez o maior número de aglomeração e todos sem máscaras. Coisa que durante a quarentena não podia e o dono de bar era impedido de abrir seu estabelecimento.
    E espero que ele não venha fechar Pois vamos nos juntar e jogar ele pra fora da cidade com ou sem mandato.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *