ITAPETINGA: NOTA PÚBLICA DA APLB SINDICATO

A  diretoria da APLB Sindicato compareceu nesta sexta-feira 25.09.2020 no gabinete do prefeito Rodrigo Hagge para entregar um documento orientado pelo advogado da APLB, Dr Tadeu Cincurá, solicitando a atualização do piso salarial dos profissionais da educação da rede pública municipal. Algumas professoras acompanharam a diretoria com cartazes para chamar a atenção do executivo municipal e da sociedade sobre a valorização destes profissionais e o direito da recomposição do piso.

A atualização do piso com reestruturação da carreira no percentual de lei de 12,84% é direito já consagrado pela Constituição Federal e várias leis federais, em especial a 11.738/2008 declarada constitucional pelo STF.

Talvez algumas pessoas possam pensar que devido à pandemia e o pleito eleitoral no mês de novembro, este direito não possa ser cumprido este ano. Mas a Lei de Responsabilidade Fiscal abre exceção quando se refere a existência de lei anterior e de decisão judicial anterior. No caso, a lei do piso, determina o repasse do percentual de reajuste no primeiro mês de janeiro de cada ano. Fato que não aconteceu ainda no município de Itapetinga.

As negociações sobre o reajuste estavam avançadas, mas no dia 17 de março, dia de fechar o percentual, a ausência do chefe do executivo, o prefeito Rodrigo Hagge, levou à suspensão das mesmas. A retomada das negociações é urgente! Porque o FUNDEB tem destinação definida:  pagamento dos profissionais da educação e manutenção do ensino.

Sobre a lei eleitoral, não tem impedimento por se referir a uma  verba carimbada, com data de execução.

Que possamos ser respeitados nos nossos direitos.

Hosana de Almeida Batista – presidente em
exercício da APLB Sindicato – Delegacia Rio Catolé

3 Comentários para: “ITAPETINGA: NOTA PÚBLICA DA APLB SINDICATO

  1. Sandra

    Esperou esse tempo todo e só foi reivindicar agora? Será que foi estratégia, foi fazer movimento na eleição?Fica o questionamento,aliás já que a oposição gosta tanto de questionar, tem que gostar de ser questionado.

    Responder
    1. Eu

      Se já tivesse sido negociado, não estaria AINDA sendo reivindicado . Olha o tanto que já foi perdido!!!Eles enrolam justamente para isso…para demorar a pagar. FALTA DE RESPEITO!!!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *