ITAPETINGA: PAIS DO ADOLESCENTE DE PALMARES AGREDIDO POR UM GUARDA MUNICIPAL REGISTRAM OCORRÊNCIA NO COMPLEXO POLICIAL

Estiveram nesta sexta-feira (06) no Complexo Policial de Itapetinga, o senhor Antônio Francisco, (padrasto) e a senhora Simone Souza dos Santos (mãe), onde registraram um Boletim de Ocorrência contra o guarda municipal que agrediu o seu filho menor no Povoado de Palmares no último domingo.

Na Ocorrência a vítima contou de que Weltmo Vieira dos Santos (chefe da Guarda Municipal), conhecido como Weltinho, sacou uma arma apontando para o mesmo dizendo que ali não tinha “guardinha” nenhum, que seu padastro perguntou porque o senhor Weltmo tinha apontado uma arma, que o mesmo respondeu que o fez porque o [adolescente] o teria lhe chamado de “guardinha”; que outro guarda de prenome Marcos, reagiu, dando um tapa no rosto do adolescente.

Depois de ter registrado a Ocorrência, os pais e o adolescente concederam entrevista ao programa “Espaço Livre” na rádio Cidade FM, onde relataram o ocorrido do último domingo. “Eu não esperava uma situação dessa, ele [o adolescente] é um menino limpo”,desabafou Simone, a mãe do garoto, ao ser entrevistada.

Posteriormente as partes deverão ser ouvidas na Delegacia e o caso deverá ser encaminhado ao Fórum para ser analisado pela justiça. 

Por Roberto Alves

3 Comentários para: “ITAPETINGA: PAIS DO ADOLESCENTE DE PALMARES AGREDIDO POR UM GUARDA MUNICIPAL REGISTRAM OCORRÊNCIA NO COMPLEXO POLICIAL

  1. João

    Ninguém toma um tapa de graça, alguma coisa ele fez pra ter levado o GM a ter essa reação! Pra toda ação, há uma reação! Concordo que a conduta do GM não foi correta, mas esse adolescente fez alguma coisa que gerou essa situação! Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *