ITORORÓ: ESCRITOR ADROALDO TERÁ LIVRO TRADUZIDO PARA O ESPANHOL E PUBLICADO NA ARGENTINA

A editora mineira Caravana Grupo Editorial acaba de lançar no mercado livreiro o terceiro romance do escritor baiano Adroaldo Almeida. Trata-se do último volume de uma trilogia sobre os valores humanos, este denominado “Em Busca de Julio Pakard” – sobre o amor e outras crueldades da vida. A editora planeja levar o romance de Adroaldo à Bienal Mineira do Livro deste ano e, após, traduzir para o espanhol, publicar o livro na Argentina, onde o grupo é sócio da Caburé Libros – livraria localizada no bairro de San Telmo em Buenos Aires, pelo selo editorial Caterva daquele país. Já o escritor pretende, ainda neste mês de junho, fazer um evento para o lançamento do seu livro na Bahia.

“Em Busca de Julio Pakard – sobre o amor e outras crueldades da vida é uma trama sobre a paixão, o ciúme e o amor de personagens que transbordam sentimentos, em cenas narradas como a própria vida: feita de dureza e de ternura. Este livro é uma deliciosa busca que leva o leitor a sentir cada página da história”. Joane Almeida.

Sobre o autor:

Adroaldo Almeida é formado em Agropecuária, Direito e Gestão Pública; foi bancário, professor e prefeito da sua cidade (Itororó-BA). Em Busca de Julio Pakard é o terceiro romance do autor. Também já publicou O labirinto dos bárbaros (2016) e A última flor da Terra (2019).

Ascom do escritor

4 Comentários para: “ITORORÓ: ESCRITOR ADROALDO TERÁ LIVRO TRADUZIDO PARA O ESPANHOL E PUBLICADO NA ARGENTINA

  1. Paulo César

    Mesmo reconhecendo estar fugindo do contexto da postagem, quero fazer um comentário sobre uma excursão estilo “by, by Itapetinga” realizada pelo prefeito e uma penca de aspone de, para fazer turismo em Santa Catarina. Viagem que se assemelhou a aquela de um grupo de bolsonaristas que foram a Israel em busca de conhecimentos sobre um tal de spray nasal, que ninguém sabe do que se trata. No fim, no lugar de laboratórios, foram visitar instalações militares e de segurança, obsessão do Eduardo Bananinha. Assim foi o passeio, regado a diárias e outras despesas, do enorme grupo de Itapetinga. Se reuniram com o Zé Carioca (O Véio da Havan) e o prefeito de Florianópolis. Para que, é o que ele tem de explicar ao seu povo, o resultado desse carissimo passaio. Pelo visto, não tá faltando dinheiro nessa prefeitura, a não ser para o reajuste dos professores e funcionários.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *