MINISTÉRIO PÚBLICO ABRE INQUÉRITO PARA INVESTIGAR POLICIAIS MILITARES QUE CONVOCARAM ATOS BOLSONARISTAS

O promotor José Carlos Blat abriu inquérito para apurar as condutas de Aleksander Lacerda, que era responsável pelo Comando de Policiamento do Interior-7, e Ricardo Nascimento de Mello Araújo, ex-comandante da Rota e presidente da Companhia de Entrepostos e Armazéns de Entrepostos Gerais de São Paulo.

Em entrevista à Globonews, o procurador afirmou que o objetivo da investigação é apontar se os oficiais violaram o princípio da impessoalidade. “Um oficial da Polícia Militar não pode se manifestar acerca de temas estranhos à segurança pública”, sustentou.

Lacerda, que foi afastado do cargo, fez convocações para atos bolsonaristas marcados para o dia 7 de setembro. Além disso, o  coronel atacou o Supremo Tribunal Federal (STF) ao afirmar que sente “nojo” da instituição. Disse que Doria seria uma “cepa indiana”.

Fonte: 247

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *