PAMELLA HOLLANDA RELATA AMEAÇA DE MORTE APÓS DENUNCIAR DJ IVIS

Vítima de violência doméstica, a jovem relatou estar psicologicamente abalada e diz que precisou deixar o apartamento em que a família vivia

A influencer e estudante de Arquitetura e Urbanismo Pamella Holanda disse, neste sábado (17), ter recebido ameças de mortes após a repercussão do caso de violência doméstica cometida pelo seu ex-marido, o músico Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis. 

A prisão preventiva de Iverson de Souza Araújo, 30 anos, foi anunciada pelo governador Camilo Santana, na tarde desta quarta-feira (14). O DJ foi preso em um condomínio de luxo em Aquiraz e levado à Delegacia Metropolitana do Eusébio.  

 Sony Music Brasil anuncia que rompeu contrato com DJ Ivis

O produtor musical ficou em silêncio durante interrogatório policial ao ser preso preventivamente pelas agressões contra ex-companheira.   

No último domingo (11), a ex-esposa do cantor divulgou imagens que mostram o artista a agredindo, inclusive na presença da filha do casal e de outras pessoas. Segundo a Polícia, os episódios gravados aconteceram em dezembro de 2020.  

Os investigadores acreditam que DJ Ivis agrediu Pamella em pelo menos dois períodos: no fim do ano passado e no dia 1º de julho. Após o último episódio, ela procurou as autoridades, em 2 de julho, e registrou denúncia contra o ex-marido. A lesão mais recente foi a que motivou a prisão preventiva do cantor.   

Segundo secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Sandro Caron, outro inquérito deve ser aberto na Delegacia de Defesa da Mulher, em Fortaleza, para apurar as agressões de 2020.      

A defesa do artista solicitou à Justiça que a prisão preventiva do produtor musical seja convertida em aplicação de medidas cautelares.

Fonte: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *