ROSEMBERG PARABENIZA ESFORÇOS DO GOVERNO DO ESTADO PARA MATER EQUILÍBRIO FISCAL 

Secretário Manoel Vitório apresentou na Alba as metas fiscais do 3º quadrimestre de 2019 e do 1º quadrimestre de 2020

O líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Rosemberg Pinto (PT), parabenizou os esforços do governo do Estado, que manteve o equilíbrio nas contas públicas e continua a ser o segundo do Brasil, atrás apenas de São Paulo, a investir em obras e ações estruturantes.

Os números fazem parte do balanço apresentado, nesta quarta-feira (21), pelo secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, em audiência pública realizada no Plenário da Casa Legislativa.

Na apresentação das metas fiscais, ficou demonstrado que, apesar dos efeitos econômicos causados pela pandemia, o Estado manteve o equilíbrio fiscal e as metas estabelecidas pela Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) e registrou um Superávit Primário no valor de R$ 1,08 bilhão; e um Superávit Orçamentário no valor R$ 973 milhões, com R$ 15,43 bilhões de Receita Total contra R$ 14,46 bilhões de Despesa Total.

Para Rosemberg, 2021 será um grande desafio para o crescimento dos atuais índices. “Teremos um reflexo, não só da arrecadação com relação a alguns serviços que foram paralisados, que serão retomados. Mas, em função de diversas atividades econômicas que não estarão mais em funcionamento, uma vez que várias empresas perderam sua capacidade de existência”, alertou o parlamentar.

O líder governista no Parlamento baiano afirmou ainda que o Poder Legislativo deverá ajudar o Executivo a encontrar caminhos para fomentar novos empreendimentos no Estado. “Caminhos no sentido de reequilibrar instituições, empresas e organizações, que estão passando por dificuldades nesse período, para que voltem a gerar riqueza e, com isso, emprego e renda para a população brasileira, em especial, para a população baiana”, defendeu Rosemberg.

Liderança do Governo na Alba
Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *